Waguinho elege a mulher Daniela, reelege Canella , extingue Secretarias e exonera 5 mil cargos comissionados em B. Roxo

novembro 10, 2018 /

 

 

]

Um mês após festejar a eleição  de Daniela, sua mulher, com 136.286 votos, para deputada federal, fazendo dela a mais votada da região da Baixada Fluminense, e a reeleição do deputado estadual Márcio Canella (  seu companheiro de chapa dois anos atrás), com 110.167 votos, o prefeito de Belford Roxo, Wagner dos Santos Carneiro, decidiu exonerar, a partir de hoje(10), todos os cargos comissionados e os que tem funções gratificadas  no município. O decreto de Waguinho, como é conhecido o prefeito, foi publicado como ato oficial na edição de hoje do jornal Hora H. Ao todo são cerca de 5 mil servidores. Foram excluídos do decreto os secretários municipais. O governo comandado por Waguinho tem 36 secretarias e  agora  17 delas serão extintas.

Somente com salários  deste seleto grupo de amigos e aliados do prefeito os contribuintes de Belford Roxo pagam mais de meio milhão de reais mensalmente. Para eleger Daniela do Waguinho e reeleger Canella pelo MDB, Waguinho nomeou cerca de 900 cargos comissionados de um ano para cá. Em contrapartida, somente nos últimos dias ele mandou depositar o salário de setembro dos aposentados e pensionistas, aos quais ainda deve salários que não foram pagos pela administração passada. Waguinho está administrando Belford Roxo com gastos de pessoal acima do que determina a Lei de Responsabilidade Fiscal. Com as exonerações, ele fará o que fez no ano passado, ou seja, deixará de pagar o décimo terceiro salário aos comissionados e mais adiante voltará a nomear os que se comprometerem com sua reeleição.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.