Vulcão capaz de causar tsunami no Brasil entra em erupção; veja vídeos

setembro 19, 2021 /

Após dias em estado de alerta, o vulcão Cumbre Vieja, localizado na ilha de La Palma, nas Ilhas Canárias, entrou em erupção neste domingo (19), às 11h12 no horário de Brasília (15h12, no horário local). O fenômeno sísmico capaz de causar um tsunami na região Nordeste do Brasil estava com “nível de atividade máximo” horas mais cedo, de acordo com o governo do arquipélago espanhol .

No entanto, apesar da notícia ter assustado a população ao longo da última semana, e mesmo com a erupção, as chances de ocorrer um tsunami capaz de afetar a Bahia e outros estados da costa nordestina são baixíssimas, conforme notícias já divulgadas.. “[O vulcão] pode vir a ter uma erupção, mas não significa que essa erupção vai gerar um tsunami, mas é uma possibilidade, mesmo que mínima”, explicou o pesquisador do Instituto de Ciências do Mar da UFC (Universidade Federal do Ceará), Carlos Teixeira, em entrevista ao portal UOL.

O complexo vulcânico de Cumbre Vieja não entra em erupção há aproximadamente cinco décadas (desde 1971), porém voltou a ser destaque na mídia por conta do alerta amarelo. O vulcão da região ganhou destaque principalmente no Brasil, uma vez que seria o único que, em caso de erupção explosiva, poderia ser capaz de gerar deslizamentos e provocar um tsunami forte o suficiente para chegar e atingir à costa brasileira. O risco do cenário, conforme apontam diversos especialistas, é baixo.

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.