“Volta Dudu !”, volta Dudu” ! ,gritam eleitores de Eduardo Paes no calçadão de Nova Iguaçu na véspera da eleição

outubro 27, 2018 /

A passagem pelo centro comercial de Nova Iguaçu da carreata do candidato do Democratas ao governo do Rio, Eduardo Paes, horas atrás, foi rápida, mas o suficiente para empolgar seus eleitores na véspera da eleição. Ao lado dos deputados federais eleitos Doutor Luizinho ( Progressista) e Juninho do Pneu ( DEM), além d prefeito da cidade, Rogério Lisboa (PR), Paes foi agarrado e beijado e uma mãe lhe entregou o filho, bebê ainda, para que o ex-prefeito do Rio o acariciasse no colo, com direito a um selfie no meio de bandeiras com o nome e o número de Paes ( 25).

O roteiro da carreata, com direito a foguetório, foi decidido para não causar congestionamento do trânsito, o que permitiu a Paes visitar outras cidades da Baixada no último dia de campanha de rua.  Paes, microfone em punho,  renovou em poucas palavras eus compromissos de campanha com a população de Nova Iguaçu: segurança pública, saúde pública, educação, transporte público, geração , além de de empregos e de renda, além de fazer o Arco Metropolitano funcionar para atedner a todos cidadãos da Baixada e não aos assaltantes que fazem dele uma opção de mobilidade insegura desde que foi inaugurado.A  campanha de Paes confia tanto ma virada que o último ato, em Nova Iguaçu, reuniu n o mesmo carrro de som o prefeito Rogério Lisboa, Luizinho e Juninho do Pneu. No calçadão, centenas de bandeiras com o número 25 tremulavam e centenas de militantes panfletavam santinhos de campanha de Paes com a foto de Jair Bolsonaro ao lado da sua. Ao deixar o calçadão, Dudu ouviu gritos de ” Volta, Dudu”, Volta, Dudu”!

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.