Vitória do Sport sobre o Inter beneficia o Flamengo e derrota deixa o Vasco em posição difícil no Brasileirão

fevereiro 11, 2021 /

Marcão Silva ( foto em destaque) vibra ao fazer o primeiro gol do Sport em Porto Alegre

 

Romarinho recebeu bom passe de Osvaldo e fez o terceiro gol do Fortaleza

O Vasco se afundou ainda mais na Zona de Rebaixamento ao perder nesta quarta-feira (10) de 3×0 para o Fortaleza, no Ceará. O time cruzmaltino, que tem 37 pontos, se complicou ainda mais porque o Sport (41) surpreendeu e venceu o Internacional por 2×1, em Porto Alegre. O resultado beneficiou o Flamengo, que tem 65 pontos, um a menos que a equipe gaúcha.

Pressionado por estar na zona de rebaixamento, o Vasco começou o jogo no ataque. Logo a um minuto, Benítez tocou para Carlinhos, que chutou forte na trave. O Vasco pressiona o Fortaleza, que começa a apertar a marcação e a sair para o ataque. Aos 6, David passa por Castán e toca para Igor Gomes, que bate no cantinho, vence Fernando Miguel e abre o placar.
O Vasco sentiu o gol e tentou reagir, mas trocava passes sem objetividade. O Fortaleza quase aumentou aos 20, quando Wellington Paulista ajeitou para Juninho. Ele bate com força e Fernando Miguel defende. O Gigante da Colina reage e, aos 25, Pikachu chutou cruzado e a bola passou rente à trave de Felipe Alves.

O Fortaleza faz uma boa marcação, o que obriga o Vasco a cruzar bolas na área.
Mas o tricolor cearense é perigoso nos contra-ataques. Aos 36, Igor Torres quase aumenta. Ele recebe livre e chuta, mas Fernando Miguel defende no meio do gol. Sem criatividade, o Vasco insistia em cruzar bolas para a área.
Aos 42, Gabriel Dias chuta cruzado e quase aumenta para o Fortaleza. Porém, de tanto tentar, o time cearense aumentou o placar. Luiz Henrique vê David livre na área. O atacante avança e dá um toque por cima de Fernando Miguel, fazendo 2×0. O Vasco continuou cruzando bolas na área e facilitando a vida da zaga do Fortaleza.

Time sem inspiração

Com Tales Magno no lugar de Caio Lopes, o Vasco voltou para o segundo tempo tentando pelo menos o empate. Aos dois minutos, Tales fez boa jogada e foi derrubado. Benítez cobra a falta e Quintero afasta o perigo.
O Vasco tem mais posse de bola, mas não consegue assustar o goleiro Felipe Alves. O técnico Enderson Moreira tirou Igor Torres e colocou Osvaldo para melhorar o poder ofensivo. A mexida deu certo. Logo na primeira jogada, Osvaldo cruzou para Romarinho pegar de primeira e mandar no canto sem defesa para Fernando Miguel e fazer 3×0.
O Vasco se lança ao ataque e chega a marcar um gol, aos 22, com Cano. Porém, após consultar o VAR, o árbitro anulou marcando falta de Henrique em Romarinho.
O Fortaleza troca passes, enquanto o Vasco fica sem forças para reagir.

Sport vence e coloca Flamengo no páreo

O Sport fez a alegria do Flamengo nesta quarta-feira (10), em Porto Alegre. Os pernambucanos venceram o líder do campeonato por 2×1. Os gols do Sport foram de Marcão Silva e Dalberto. Patrick descontou para o Colorado, que teve Uendel expulso aos 25 minutos do primeiro tempo.
O resultado deixou o Internacional em situação complicada, pois apesar de liderar o campeonato, viu a diferença para o Flamengo cair de quatro para um ponto. No domingo, o Colorado enfrenta o Vasco, que entrará em campo desesperado por uma vitória para tentar fugir da zona de rebaixamento. Já o Flamengo pega o Corinthians, que busca uma vaga na Libertadores.
Na 37ª rodada, Flamengo e Internacional fazem uma “final antecipada” no Maracanã em um jogo que pode decidir o campeonato.

No domingo (14), o Vasco enfrenta o Internacional, em São Januário, às 16h, e o Flamengo pega o Corinthians no Maracanã, no mesmo horário.

fotos: Divulgação

 

 

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.