Vasco estreia perdendo para a Portuguesa; Botafogo empata com o Boavista

março 4, 2021 /

* Clébio Luiz

Vasco e Botafogo estrearam nesta quarta-feira (03) no Campeonato Carioca contra Portuguesa e Boavista, respectivamente, e decepcionaram. O Gigante da Colina perdeu de 1×0, enquanto o alvinegro não saiu do 0x0. Vasco e Botafogo estão se reformulando para disputarem a Série B do Brasileirão. Ambos apostam na garotada da base para se reerguerem. No sábado (06), às 21h, no Raulino de Oliveira, o Vasco enfrenta o Volta Redonda. Nesta quinta-feira (04), o Fluminense entra em campo para jogar contra o Resende, no Maracanã, às 21h.

Com um time recheado de jovens, o Vasco recebeu a Portuguesa, em São Januário. O desentrosamento também foi visível e o time abusou de lançar bolas na área da Lusa Carioca, que se defendia bem. Lucas Santos, Vinícius, Tiago Reis, Miranda e Ulisses foram alguns garotos que jogaram contra a Portuguesa.

O Botafogo não mostrou força no ataque e empatou com o Boavista – Foto: Vitor Silva /Botafogo

O Vasco produziu pouco e fez um primeiro tempo ruim. A zaga formada por Ulisses e Miranda não se entendia e o ataque não recebia muitas bolas. A Portuguesa aproveitou o desentrosamento vascaíno e fez o gol com Dilsinho. No segundo tempo, o técnico interino Siston fez modificações e a equipe melhorou, mas a equipe não conseguiu empatar.

Botafogo desentrosado

O Botafogo começou mal o Campeonato Carioca e empatou em 0x0 com o Boavista. O time de Saquarema começou mandando no jogo, mas o Botafogo – recheado de atletas da base e novos contratados – se acertou e equilibrou as ações. A melhor chance no primeiro tempo foi com Kevin. Depois de um bate-rebate na defesa, o lateral botafoguense enche o pé e acerta o travessão do goleiro Klever.

O segundo tempo mostrou que o Boavista cansou e o Botafogo tentava se aproveitar. Mesmo assim, a equipe de Bacaxá perdeu uma grande chance com Vítor Feijão, que chutou para uma linda defesa de Diego Loureiro. No final da partida, Matheus Nascimento quase deu a vitória ao Botafogo. Ele cabeceou no cantinho, mas o goleiro Klever se esticou e defendeu.

Aloma Carvalho