Vasco e Boavista avançam na Copa do Brasil; Voltaço perde a vaga para o Juazeirense

abril 8, 2021 /

*Clébio Luiz

O Vasco se classificou para a terceira fase da Copa do Brasil ao vencer o Tombense por 2×1, na quarta-feira (07-04), em Minas Gerais. Outro time carioca que passou para a próxima foi o Boavista, que derrotou o Picos, no Piauí, por 1×0. Já o Volta redonda ficou com o vexame da rodada: depois de estar vencendo o Juazeirense por 3×0, a equipe não resistiu a pressão e o adversário, além de empatar a partida, venceu nos pênaltis e se classificou.

Tombense x Vasco

Com um gol e cada tempo, o Vasco se classificou após vencer o Tombense. Gabriel Pec, aos dois minutos da primeira etapa e Andrey, aos quatro da segunda, marcaram para o time carioca. Daniela Amorim descontou aos 37 para o Tombense.

O técnico Marcelo Cabo ficou satisfeito com o desempenho da equipe e promoveu a estreia do atacante Léo Jabá. Cabo destacou que o vasco teve calma para conduzir bem o jogo e segurar o resultado.

Picos x Boavista

Jogando no Piauí, o Boavista venceu o Picos (time onde o lateral Renê, do Flamengo, começou a carreira) por 1×0 e avançou para a terceira fase da Copa do Brasil. Além disso, o time do Rio de Janeiro já soma R$ 1,7 milhão de premiação.

O Boavista começou o jogo pressionando o Picos e marcou seu gol aos 17 minutos, quando Michel Douglas recebeu um bom passe de Jefferson Renan e empurrou para a rede. O Boavista ainda perdeu um pênalti com Fernando Bob batendo mal para o goleiro Diego fazer a defesa. Bob ainda foi expulso, mas o Boavista segurou o resultado.

Juazeirense x Volta Redonda

O Volta Redonda deixou escapar uma classificação fácil para a terceirar fase da Copa do Brasil. A equipe começou o jogo com tudo e fechou o primeiro tempo com 3×0. Tudo parecia tranquilo. Mas no segundo tempo, o Juazeirense empatou em 3×3 e ficou com a vaga nos pênaltis.

Com 17 minutos de jogo, o Volta redonda já vencia por 3×0, com gols de Luiz Paulo, Gabriel Pereira e Alef Manga. No segundo tempo, o Juazeirense reagiu e empatou com Daniel Nazaré, Wendell e Kanu (este último nos acréscimos).

Na disputa de pênaltis, Luiz Paulo e João Carlos marcaram para o Volta redonda. Marcinho e Alex Manga desperdiçaram. Ian Augusto, Wendell, Martín Ribas e Kesley converteram para o Juazeirense. Clébson perdeu.

Aloma Carvalho