Vasco despacha o Galo e sai da Zona de Rebaixamento do Brasileirão; hoje tem Athlético-PR x Flamengo

janeiro 24, 2021 /

O atacante Germán Cano (foto) marcou dois gols na vitória contra o Atlético – MG.
foto:CR Vasco da Gama

Depois do susto, a vitória! O Vasco da Gama derrotou o Atlético – MG por 3 x 2, em São Januário, ontem,  e chegou a 35 pontos, deixando assim a Zona de Rebaixamento. Os gols do Gigante da Colina foram marcados pelo argentino Germán Cano (2) e Yago Pikachu. Yohan e Sacha descontaram para o Galo. Yohan perdeu um pênalti no primeiro tempo, quando o jogo estava 0x0.

Três cariocas jogam ainda neste domingo. O Flamengo pega o Athletico – PR, em Curitiba, às 16h. Às 20h30, em São Januário,  tem Botafogo X Fluminense. Em outro jogo, no sábado, o São Paulo empatou em 1 x 1 com o Coritiba no Morumbi.

Logo aos 12 minutos o Vasco sofreu um grande susto. Leo Matos cortou um cruzamento com a bola batendo na altura do ombro direito. Yohan cobrou deslocando o goleiro Fernando Miguel, mas a bola bateu na trave direita.
O lance deu mais motivação ao Vasco, que se lançou ao ataque e abriu o placar aos 17,com Cano, que empurrou para as redes após um passe de Léo Matos. Aos 21, o Atlético respondeu com Dançarino chutando na trave. Aos 31, Léo Matos cruzou da direita, Pikachu se antecipou e chutou na trave. O próprio Pikachu pegou o rebote e fez o segundo do Vasco.

O segundo tempo começou com polêmica. Logo aos seis minutos, Jair caiu na área em um choque com Cástan e o árbitro marcou pênalti. Alertado pelo VAR, ele anulou a penalidade. O Vasco não se intimidou. Aos 13, Cano recebeu de Benítez na grande área, matou no peito e de pé esquerdo, sem deixar a bola cair,estufou as redes.

O gol do Vasco despertou o Atlético, que se mandou para o ataque. Aos 22, Hyoran pegou uma bola da entrada da área e bate no canto direito de Fernando Miguel. Aos 26, Gabriel cabeceia e Fernando Miguel faz excelente defesa. De tanto apertar, o Galo diminuiu. Em um escanteio da direita, Sacha aparece sozinho e desvia para o gol, aos 48 minutos do segundo tempo. Mas aí já era tarde.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.