Vacinação contra a Covid-19 começará em janeiro, garante Pazuello

janeiro 13, 2021 /

 

Ministro da Saúde disse que Manaus terá prioridade no recebimento do imunizante para o novo coronavírus

 

O ministro da Saúde, general Eduardo Pazuello, afirmou nesta quarta-feira (13/1), em Manaus (AM), que a vacinação contra o novo coronavírus começará neste mês.

Segundo ele, serão distribuídas cerca de oito milhões de doses, três ou quatro dias após a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovar o uso do imunizante.

O general das Forças Armadas informou, sem dar detalhes, que Manaus terá prioridade no plano de vacinação. A capital registra, em janeiro, o maior número de novas internações por Covid-19.

“Senhores, vamos vacinar em janeiro e Manaus será a primeira a ser vacinada. Ninguém receberá a vacina primeiro que Manaus”, garantiu, em pronunciamento à imprensa.

Apesar de garantir a vacinação para este mês, o ministro não informou em que data terá início o plano de imunização. Anteriormente, Pazuello afirmou que a vacinação ocorreria “no dia D e na hora H”.

Os imunizantes que serão distribuídos foram produzidos pela AstraZeneca/Oxford, em parceria com a Fiocruz, e pela Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan, ligado ao governo de São Paulo.

Coronavírus: Estado do Rio registra 205 mortes e 3,5 mil novos casos em 24 horas

 

Esse é o sexto dia em 2021 com mais de 180 mortes registradas no período de 24 horas

Segundo balanço divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde, nesta terça-feira (12/01), o estado do Rio de Janeiro registrou 205 novas mortes e 3.589 novos casos confirmados da Covid-19. Esse é o sexto dia em 2021 com mais de 180 mortes registradas no período de 24 horas. De acordo com o órgão, 1.123 pessoas se recuperaram da doença nas últimas 24 horas.

Desde o início da pandemia, são 465.150 casos e 26.976 óbitos provocados pelo novo coronavírus. Ao todo, o estado contabilizou 431.876 pacientes recuperados.

 

 

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.