Unicef quer Prefeituras cuidando das crianças e adolescentes órfãos da pandemia de coronavírus; morre no Rio o jornalista Aloy Jupiara

abril 13, 2021 /

  Deputado Dr. Luizinho( foto), presidente da Comissão Externa para o enfrentamento da pandemia de coronavírus

Começou agora há pouco , com transmissão ao vivo pelo site pela TV Câmara, a audiência pública da  Comissão de Externa para o Enfrentamento da Pandemia da Câmara dos Deputados  sobre o tema “Órfãos da Covid”.  Segundo o deputado Luiz Antônio Teixeira Júnior, o Dr. Luizinho (PP-RJ), que preside os trabalhos desta Comissão, são pelo menos 45 mil crianças e adolescentes que, no cálculo do Ipea, perderam pai e mãe na pandemia, muitas delas vivendo em extrema dificuldade e sem contar com nenhuma ajuda do estado – financeira ou psicológica.

Neste momento, Benedito Rodrigues dos Santos, Consultor da Unicef Brasil para a Proteção das Crianças e Adolescentes, está defendendo ações das Prefeituras para acolhimento e proteção aos órfãos de acordo com o ECA.

Debatedores:

LUCIANA DANTAS DA COSTA OLIVEIRA
Diretora do Departamento de Promoção e Fortalecimento do Direitos da Criança e do Adolescente – MMFDH

MAURÍCIO CUNHA
Secretário Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente – MMFDH

BENEDIDO RODRIGUES DO SANTOS
Consultor UNICEF Brasil para a Protecao das Criancas e Adolescentes

ARIEL DE CASTRO ALVES
Advogado e Especialista em Direitos Humanos pela PUC-SP, Membro do Instituto Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente

 

ANA AMÉLIA CAMARANO
Pesquisadora do Instuto de Pesquisa Econômica Aplicada

6) GLAUCE GALUCIO PEREIRA
Diretora do Instituto de Pesquisa e Ensino para o Desenvolvimento Sustentável- IPEDS

SÉRGIO MARQUES
ONG INTERNACIONAL ALDEIAS INFANTIS SOS

WALBERTO CARLOS MACIEL
Jornalista e Escritor

WELINTON PEREIRA DA SILVA
Diretor de advocacy e Relações Institucionais

Jornalismo e o carnaval perdem Aloy Jupiara

O jornalista Aloy Jupiara faleceu na noite desta segunda-feira, aos 56 anos, vítima da Covid-19. Ele era diretor de redação do jornal “O Dia” e estava internado no CTI do Hospital São Francisco, na Tijuca, desde o dia 29 de março. Chegou a ser intubado, mas não resistiu a uma infecção pulmonar.

Jupiara era formado na Escola de Comunicação (ECO) da UFRJ. Em mais de 20 anos de atuação em O GLOBO, trabalhou como repórter, coordenador e subeditor de Rio, e foi editor e coordenador de Política do jornal. Além disso, foi pioneiro no jornalismo on-line no GLOBO, e na criação dos site GloboNews.com e Extra On-line. Ele também foi jurado e, posteriormente, coordenador do Prêmio Estandarte de Ouro. Nos site do GLOBO e do Extra, foi o primeiro a estimular a cobertura on-line abrangente dos blocos de rua do carnaval do Rio, até então relegada a um papel relativamente secundário na imprensa.

Aloy Jupiara escreveu, em parceria com o também jornalista Chico Otávio, os livros “Deus tenha misericórdia dessa nação: A biografia não autorizada de Eduardo Cunha” e “Os Porões da Contravenção”, que abordava a relação entre a ditadura e o jogo do bicho no Rio de Janeiro.

Recentemente, participou do documentário “Doutor Castor”, sobre o bicheiro Castor de Andrade, em exibição no Globoplay.

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.