Santos tem parada difícil contra o Boca Juniors na Argentina

janeiro 6, 2021 /

O Santos tem um “fio desencapado” hoje à noite pela frente, na primeira partida das semifinais da Copa Libertadores. O Peixe enfrenta o Boca Juniors na partida de ida, às 19h15, no estádio La Bombonera, na Argentina. A partida de volta será na Vila Belmiro. Quem se sair melhor nos dois jogos fará a final com Palmeiras ou River Plate. No primeiro jogo, na Argentina, o Verdão botou os argentinos para “dançar tango”,venceu por 3 X 0 e decide a vaga em casa.

Para o duelo contra o Boca Juniors, o técnico Cuca contará com todos os titulares do Santos, O treinador deve escalar um time mais consistente no meio-campo com Alison, Sandry e Diego Pituca. Outra opção seria Soteldo. O Santos jogará com: John Victor, Luan Perez, Lucas Veríssimo, Felipe Jonatan e Pará; Alison, Sandry e Diego Pituca; Soteldo, Marinho e Caio Jorge.

Foto: (Palmeiras/divulgação) O técnico Abel Ferreira, da SE Palmeiras, em jogo contra a equipe do CA River Plate, durante partida válida pelas semi finais (ida), da Copa Libertadores, no estádio Libertadores da América. (Foto: Cesar Greco)

O experiente Carlito Tevez, 36 anos, é um dos destaques do Boca Juniors, que passou para a semifinal ao vencer a disputa com o Racing. O meio-campista Jorman Campuzano é dúvida para a partida contra o Santos. A equipe argentina está escalada com: Andrada, Isquierdoz, Lisandro López, Fabra e Jara; Capaldo e Diego Gonzalez, Salvio, Villa, Tevez e Soldano.

Palmeiras massacra o River Plate

Na terça-feira (05-01), o Palmeiras não tomou conhecimento do River Plate e meteu 3 X 0 no atual vice-campeão da Libertadores. Rony, Gustavo Scarpa e Viña marcaram os gols. No jogo de volta, o Verdão pode perder até por dois gols de diferença que ficará com a vaga para a final.

O Palmeiras vinha capengando no Campeonato Brasileiro até a chegada do técnico português Abel Ferreira, em novembro do ano passado. O “gajo” arrumou a equipe e deu nova chance a jogadores que estavam encostados como Gustavo Scarpa e Lucas Lima.

O português aproveitou também o talento dos jogadores da base, como Patrick de Paula, Gabriel Verón e Gabriel Menino. O trio se juntou aos experientes e o time encorpou, subindo no Brasileiro e decolando na Libertadores.

Abel Ferreira também recuperou um jogador importante que já estava sendo criticado pela torcida: o atacante Rony. Comprado ao Athlético – PR e com fama de goleador, Rony não conseguia se acertar no ataque do Verdão. Com Abel Braga, ele voltou a jogar bem, marcar gols, e foi decisivo na vitória sobre o River Plate.

Ah…o Palmeiras também é finalista da Copa do Brasil e disputará o título contra o Grêmio.

Aloma Carvalho