RJ alimenta oferece comida para quem precisa em Magé

abril 23, 2021 /

Centenas de moradores do Complexo Água Doce, em Suruí, Magé, tiveram a oportunidade de conferir e saborear nesta sexta-feira (23/04), a refeição fornecida gratuitamente pelo programa “RJ Alimenta”, do Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos em parceria com a Prefeitura do município.

Foram distribuídas 500 refeições, incluindo café da manhã, almoço e jantar para pessoas em situação de vulnerabilidade social. O funcionamento será de segunda a domingo, incluindo feriados. O secretário Bruno Dauaire não participou do início das atividades, mas comemorou a chegada do programa para a população da região.

“Estou distante, mas com a certeza de que hoje está sendo um dia muito especial. Estamos trazendo o RJ-Alimenta para  o município de Magé. Tenho certeza que outras parcerias serão realizadas com o prefeito Cozzolino”,afirmou.

O Programa RJ Alimenta é uma ação emergencial do Governo do Estado, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, que tem por objetivo prestar assistência alimentar às pessoas que estão em situação de insegurança alimentar durante a pandemia da Covid-19.

“Estamos vivendo um momento difícil, de desemprego, de pobreza e da fome. Essa ação da SEDSODH visa garantir o direito à alimentação e oferecer refeições saudáveis. Alimentação de qualidade que fortalece o sistema imunológico das pessoas. E estamos oferecendo isso nesse momento. O cardápio é rigorosamente preparado pela nossa equipe de nutricionistas, e muda todos os dias. O retorno que temos é muito positivo e nos deixa muito feliz”, afirma a superintendente de Segurança Alimentar e Nutricional da Secretaria, Luiza Trabuco.

Uma estrutura foi montada para receber os cidadãos com mesas e cadeiras. O distanciamento foi respeitado, seguindo os protocolos de segurança e prevenção a Covid-19. Tudo foi organizado de modo que não haja aglomeração, com distanciamento de 1,5 metros entre as pessoas e divisão em pequenos grupos. Além do acesso à alimentação, os beneficiários contarão com o serviço socioassistencial prestado por uma equipe da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos.

“Essa parceria com o Governo do Estado é muito importante. Escolhemos a ‘Água Doce’, porque lá vai ser construído um complexo com escola e posto de saúde.  Durante quatro meses, o programa vai ajudar diversas pessoas que vão se alimentar sem custo nenhum. É uma forma de fazer o bem sem olhar a quem”, explicou o prefeito Renato Cozzolino.

Fotos: Uanderson Fernandes/SEDSODHRJ

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.