Reta final do Brasileirão: Flamengo goleia o Grêmio ( 4 x 2 ) em Porto Alegre e encosta no líder Internacional

janeiro 29, 2021 /

Everton Ribeiro (foto) fez o gol de empate que abriu o caminho para a vitória do Flamengo

Com uma exibição de gala no segundo tempo, que lembrou as atuações de 2019, o Flamengo venceu o Grêmio por 4×2, em Porto Alegre, e assumiu a vice-liderança do Brasileirão com 58 pontos. O líder é o Internacional, com 62. Everton Ribeiro, Gabigol, Arrascaeta e Isla marcaram os gols da vitória.
O Flamengo começou o jogo tentando impor seu ritmo com constantes trocas de passes. O Grêmio aos poucos vai encaixando a marcação para anular qualquer tentativa de deixar espaços para o Flamengo. Em um contra-ataque, aos 9 minutos, Alisson entrou pela direita e chutou rasteiro para a defesa de Hugo Souza.
O Flamengo responde, aos 11, quando Arrascaeta toca para Gabigol. O atacante finaliza, mas Vanderlei defende. O rubro-negro quase abriu o placar. Arrascaeta cobra escanteio e Gustavo Henrique finaliza de primeira, mas zaga afasta. Na sobra, Bruno Henrique isola a bola.
O jogo fica disputado no meio-campo com o Grêmio apertando a marcação. Mas o Flamengo se desvencilha e leva perigo. Em uma jogada pela esquerda, Gabigol passa por Kannemann, tenta encobrir o goleiro Vanderlei, que joga para escanteio. Aos 35, Gabigol de novo. Ele invade pela direita, recebe de Everton Ribeiro, mas chuta mal.
O Flamengo cochilou e o Grêmio abriu o placar, aos 39 minutos. Alisson cruza pela direita no meio da zaga. Diego Souza aparece livre e cabeceia sem chance para Hugo Souza.

Show no segundo tempo

Com desvantagem no placar, o Flamengo começa o segundo tempo em cima do Grêmio, mas só conseguiu a primeira chance aos 9 minutos. Gabigol recebe na entrada da área e toca para Bruno Henrique. O zagueiro Rodrigues chega cortando.
Só dava Flamengo. Aos 11, Gabigol recebe de Arrascaeta e cruza para Éverton Ribeiro entrar pela direita e empatar. Mal o Grêmio respirou, o rubro-negro desempatou. Em uma troca de passes envolvente, Gabigol recebe na entrada da área e bate de chapa no canto direito de Vanderlei, que não pôde fazer nada.
O Flamengo continuou marcando em cima e quase ampliou com Arrascaeta, aos 16. Dois minutos depois, Everton Ribeiro chutou e Rodrigues salvou. Aos 20, não teve jeito: Bruno Henrique entrega para Gabigol, que rola para Arrascaeta livre fazer 3×1.
O Grêmio apertou e conseguiu um gol, aos 39, através de uma linda cobrança de falta de Diego Souza, que chutou de curva, sem chance para Hugo Souza.
Rogério Ceni já havia tirado Diego e Everton Ribeiro para colocar João Gomes e Vitinho. Aos 41 colocou Pedro e Pepê nos lugares Gabigol e Arrascaeta para tentar segurar o ímpeto do Grêmio.
Aos 47, Isla invadiu pela direita. O goleiro Vanderlei saiu, mas o lateral conseguiu dar um toque e fazer 4×2, esfriando uma possível reação do Grêmio, que ainda tentou com Maicon chutando de fora da área para a defesa de Hugo Souza.

Bahia fora da Zona

Em outro jogo, o Bahia venceu o Corinthians por 2 x 1, chegou a 35 pontos e deixou a Zona de Rebaixamento. Ramirez e Gilberto marcaram os gols do tricolor baiano. Gabriel descontou para o Corinthians.

Foto: Alexandre Vidal/Flamengo

 

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.