Reeleito em Belford Roxo, Waguinho pede votos para Léo Vieira em São João de Meriti no 2º turno

novembro 21, 2020 /

 

O candidato do PSC à prefeitura de São de Meriti, Léo Vieira, e seu vice Marcos Muller (SDD) deram uma demonstração de força na tarde desta sexta-feira, quando reuniram cerca de cinco mil militantes para ato de campanha em que receberam apoio do prefeito reeleito Waguinho, de Belford Roxo, e do deputado estadual Márcio Canella.

Léo Vieira, à direita, é a esperança dos servidores de São João de Meriti de terem salários em dia

Após reeleger-se com mais de 80 % dos votos válidos, o maior percentual na Baixada Fluminense, Waguinho está expandindo a base de seu grupo político para os municípios vizinhos. Em São João, afirmou que a vitória de Léo Vieira mudará a vida dos moradores da cidade, onde, completou, pretende ajudar a implantar os projetos que deram certo em Belford Roxo.

Estiveram presentes ainda os deputados Rosane Felix, Ratinnho e Marcos Muller, o candidato a vice, além do vereador da capital Luciano Vieira.

O adversário de Léo Vieira neste segundo turno das eleições em São João de Meriti é o atual prefeito Dr. João, um médico legista que busca a reeleição depois de uma administração pífia que nunca conseguiu pagar salários atrasados de servidores aposentados.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.