Presidente do Congresso Nacional informa que Brasil terá 520 milhões de doses de vacinas até o final de 2021

abril 14, 2021 /

O presidente do Congresso Nacional, senador Rodrigo Pacheco(DEM-MG), acaba de anunciar, no Palácio do Planalto, que o governo federal receberá, antecipado,  15,5 milhões de doses de vacina da Pfizer até junho próximo. Algumas destas doses chegariam ao Brasil ainda em abril. Segundo ele, o acordo foi fechado pelo presidente Jair Bolsonaro com executivos da Pfizer. Até o final desta  semana o ministério da Saúde distribuirá 4,5 milhões de doses da vacina Coronavac ( Butantã) aos estados e ao Distrito Federal.

Já o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, informou que o Brasil terá 520 milhões de doses de vacinas de diversos fabricantes até o final de 2021. Esta e outras informações foram divulgadas após a segunda reunião do comitê nacional de combate à covid. O deputado federal Luiz Antônio Teixeira Júnior, o Dr. Luzinho ( PP-RJ), que é médico ( já foi secretário estadual de saúde no Rio e do município de Nova Iguaçu)  representou a Câmara dos Deputados neste encontro no qual se discutiu ações de enfrentamento à covid-19.

Discutiu-se, ainda, a distribuição de máscaras de proteção facial para toda população brasileira, a contratação de leitos da rede hospitalar privada e a realização de uma campanha nacional para reforçar na população a necessidade de se utilizar máscara, alcool em gel, higienizar as mãos e manter distanciamento social. Os parlamentares cobraram do governo a distribuição de insumos e de medicamentos específicos para pacientes intubados.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.