Preço do gás de cozinha sobe a partir de hoje (03) e bandeira vermelha na conta da energia já está em vigor

dezembro 3, 2020 /

 

A Petrobras anunciou que vai aumentar em 5% em média os preços do gás do tipo GLP vendido em suas refinarias a partir desta quinta-feira (03). O reajuste vem poucos dias após a entrada em vigor da bandeira vermelha no sistema elétrico, anunciado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que vai aumentar as contas de luz em dezembro. A cada 100 kWk, o consumir pagará uma taxa extra de R$ 6,243. A medida está em vigor desde terça-feira última, dia 1º .

Apesar de a Petrobras ter anunciado há 11 dias uma redução de 5% no preço do gás de cozinha nas refinarias, o consumidor ainda não sente alívio no bolso na hora de comprar o botijão. De acordo com a pesquisa semanal de preços feita pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), o preço médio do produto no Rio chega a R$ 70,57, 32% a mais do que no mesmo período do ano passado, quando o botijão de 13 quilos era vendido, em média, a R$ 53,30.

A pesquisa aponta ainda que os preços do botijão na Zona Oeste do Rio são os mais salgados da cidade. Em Santa Cruz, por exemplo, o consumidor já paga R$ 85 pelo produto. Já a Taquara é o bairro onde o botijão está com o preço mais em conta, e pode ser encontrado por R$ 49,99.

Bandeira verde durante a pandemia

Em maio deste ano, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) havia decidido manter a bandeira verde até 31 de dezembro deste ano, na última segunda-feira (30), a diretoria do órgão avaliou que a queda no nível de armazenamento dos reservatórios das usinas hidrelétricas e a retomada do consumo de energia justificavam o aumento.

Aloma Carvalho