????????????????????????????????????

Palestra de conscientização sobre HPV no Colégio Estadual Dom Bosco

junho 29, 2018 /

Para reforçar a importância da vacinação contra ao HPV (vírus do papiloma humano), a Prefeitura de Queimados, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu nesta sexta-feira (29), uma palestra sobre o assunto para todos os alunos do Colégio Estadual Dom Bosco, no bairro Valdariosa. O imunizante é oferecido nas unidades de saúde e destinado para as meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos.

A apresentação foi ministrada por alunos do 9º ano de enfermagem da UNIABEU que fazem estágio na Clínica da Família Pastor Rosalvo Dantas, no bairro Valdariosa. Na ocasião, os estudantes do Dom Bosco puderam tirar suas duvidas sobre a doença e as formas de se prevenir.

De acordo com a Secretária Municipal de Saúde, Drª Lívia Guedes, o HPV é uma doença sexualmente transmissível e está relacionada a 90% dos casos de câncer de colo de útero – o terceiro que mais atinge as mulheres-.

“A vacina é oferecida nas unidades de saúde e é a melhor forma de prevenção da doença em adolescentes. Para que a imunização seja feita corretamente, a pessoa precisa tomar as duas doses do imunizante, caso seja portador de HIV, é necessário tomar três doses”, explicou a gestora.

De acordo com a coordenadora da Clínica da Família do bairro, Nathalia Oliveira, outras palestras do gênero serão oferecidas aos alunos. “Nosso objetivo principal aqui é aproximar a nossa unidade dos alunos e dos pais também, tanto que já marcamos uma reunião com os responsáveis para falarmos sobre a importância dos cuidados com a saúde”, declarou.

O principal sintoma do HPV é o surgimento de verrugas ou lesões na pele, normalmente uma pequena mancha branca ou acastanhada que coça. Muitas vezes a lesão pode não ser visível a olho nu, precisando assim de exames como colposcopia, vulvoscopia e peniscopia para serem identificadas.

Para se vacinar contra o vírus, basta procurar a unidade de saúde mais próxima de casa, com identidade e cartão de vacina.
Foto: Thiago Loureiro/Divulgação

Aloma Carvalho