Paes demonstra otimismo para vitória no próximo em visita à Zona Oeste

outubro 21, 2018 /

Com uma recepção calorosa, o candidato ao governo do estado do Rio, Eduardo Paes (Democratas), foi recebido neste domingo na Zona Oeste, região onde mais investiu em serviços de infraestrutura e social durante suas duas gestões à frente da prefeitura carioca. Após duas semanas de campanha neste segundo turno das eleições, ele demonstrou otimismo em relação à vitória, principalmente, pelo apoio que tem recebido dos eleitores nas ruas e redes sociais.

– A Zona Oeste foi a área da cidade que mais investi. Deixamos, aqui, os bairros urbanizados e os que não concluímos, deixamos recursos garantidos para a finalização. Tanto que acabei de sair de um (em Sepetiba) que as obras acabaram agora. Por isso, é uma região da cidade onde temos muita força. Vamos virar o jogo, está tudo caminhando bem e estamos otimistas – frisou Paes, que passou pelos bairros de Sepetiba, Guaratiba e Santa Cruz.

Na Zona Oeste, área mais carente da cidade do Rio, Paes fez inúmeras obras como o Bairro Maravilha e o Morar Carioca. Projetos que levaram pavimentação para ruas e calçadas, execução de redes de esgoto e ligações domiciliares, galerias de drenagem, novas praças com brinquedos, equipamentos de ginástica e quadras poliesportivas. Foi também para a região que celebrou o  Plano municipal de Saneamento, que garantiu a ampliação da cobertura de esgoto em 21 bairros, que representam 48% do território da cidade do Rio e onde moram  1,7 milhão de habitantes. Firmou com a iniciativa privada uma concessão que poupou um gasto público de R$ 2,6 bilhões na construção de 10 novas estações de tratamento de esgoto, 2.100 quilômetros de redes coletoras, 142 elevatórias e aproximadamente 600 mil ligações  de esgoto domiciliar.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.