Oposição aciona STF contra perdão de Bolsonaro a Daniel Silveira

abril 23, 2022 /

Os partidos Rede Sustentabilidade, PSOL, PDT e o senador Renan Calheiros ( MDB-AL) propõem ações para que o perdão concedido pelo Jair Bolsonaro a Daniel Silveira seja anulado. O deputado federal do Rio de Janeiro foi condenado na quarta-feira pelo Supremo Tribunal Federal por oito anos de prisão por atos antidemocráticos e ataques a ministros e instituições. Com o decreto assinado pelo presidente, a pena de prisão seria extinta. Ministros e especialistas em Direito avaliam que perdão é inconstitucional.

Em evento, Bolsonaro defende decisão de perdão de pena a Daniel Silveira

No Supremo, ministros consideraram o decreto um gesto à militância e dizem que a resposta do STF será coletiva

Em evento na Bahia ontem(22), o presidente Jair Bolsonaro (PL) defendeu a decisão de conceder perdão de pena a Daniel Silveira.

foto: Agência |Brasil

“Ontem foi um dia importante para nosso país. Não pela pessoa que estava em jogo ou por quem foi protagonista desse episódio, mas o simbolismo de que temos mais que o direito, temos a garantia da nossa liberdade”, disse.

No Supremo, ministros consideraram o decreto um gesto à militância e dizem que a resposta do STF será coletiva nos autos dos recursos da oposição. A ideia é marcar o julgamento o mais rápido possível.

A Rede Sustentabilidade apresentou projetos de decretos legislativos para derrubar o perdão do presidente do deputado Daniel Silveira.

Partidos de oposição argumentam que o decreto presidencial é um incentivo ao crime e garantia e impunidade.

 

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.

[ivory-search 404 "The search form 61543 does not exist"]