Nova Iguaçu vence Macaé por 3×1 e começa a sonhar com o G-4

março 31, 2021 /

Vandinho (foto ) aproveitou o cruzamento de Dieguinho e fez o segundo gol do Nova Iguaçu

 

Clébio Luiz

 

O Nova Iguaçu não tomou conhecimento do Macaé, nesta quarta-feira (31/03), em jogo do Campeonato Carioca disputado no estádio Lo Larios, em Xerém, Duque de Caxias. A equipe da Baixada venceu o jogo por 3×1, pulou para a sétima colocação, com 9 pontos, e ainda sonha com a vaga no G-4. O líder é o Flamengo, que às 21h enfrenta o Bangu, em Volta Redonda. Os gols do Nova Iguaçu foram marcados por Raphael Carioca, Vandinho e Anderson Kunzel.  Vagner Carioca descontou para o Macaé, que está em último lugar, com apenas um ponto.

O jogo se arrastava até que aos 8 minutos, Ronan pegou uma sobra e perdeu a chance de abrir o placar para o Macaé. Aos 11. Foi a vez de Lopeu escorregar e desperdiçar mais uma chance para o Macaé.

Como quem não faz leva. O castigo veio aos 16.Luã Lucio cruzou e Raphael Carioca esticou o pé e abriu o placar para o Nova Iguaçu. Aos 19, Raphael Carioca perdeu a chance de ampliar. O Macaé ataca e Patrick é derrubado na área por Vinicius e o árbitro marca pênalti. Vagner Carioca cobra e empata. Aos 43, Raphael carioca marca, mas estava impedido. O primeiro tempo terminou empatado.

 

Vitória garantida

O empate era ruim para o Nova Iguaçu, mas pior para o Macaé, que é o último colocado e ameaçado de rebaixamento. O segundo tempo começou com o Nova Iguaçu buscando o jogo. Aos seis minutos, Dieguinho cruzou e Vandinho fechou no meio da área para marcar o segundo gol da equipe da Baixada. Os jogadores do Macaé reclamaram falta em Ronan, que saiu machucado

O Macaé vai ao ataque. Aos 11, Rossales fez boa jogada pela direita, se livrou da marcação, mas finaliza mal perdendo boa chance para o Macaé. Um minuto depois, quase Luã Lucio aumenta para o Nova Iguaçu.

A equipe da Baixada continua no ataque e pressionando. Aos 16, Dieguinho recebe livre, chuta cruzado, mas a bola bate na trave, perdendo assim boa oportunidade para o Nova Iguaçu. Aos 29, Baggio (entrou no lugar de Vandinho) invadiu a área e foi derrubado por Dante. Pênalti, Anderson Kunzel (que substituiu Yan) bateu e aumentou para 3×1. Aos 36, Alemão cabeceou e quase descontou para o Macaé. E ficou só nisso. A derrota praticamente rebaixa o Macaé.

 

foto: Nova Iguaçu FC/Divulgação

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.