Estão sendo convocados servidores ativos estatutários da Prefeitura, da Câmara Municipal, da Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu (FENIG) e do próprio PREVINI. Para evitar filas e aglomerações, o instituto faz a convocação por grupos. Eles são separados por categoria (ativos, aposentados e pensionistas) e agendados de acordo com o mês de nascimento. Os chamados devem comparecer ao local dentro do prazo estipulado, sob pena de ter suspenso o pagamento de suas remunerações até que sejam cumpridas as exigências. Até o fim de março, cerca de 11.450 servidores ativos, inativos e pensionistas devem fazer o recadastramento. Desde o início da realização do censo previdenciário, em agosto, 50% do grupo estimado já compareceu ao instituto.. Foto: Previni.

Nova Iguaçu: servidores nascidos em março e abril devem ir ao PREVINI entre os dias 11 e 15 de dezembro

dezembro 11, 2023 /

Os funcionários públicos municipais efetivos, aposentados e pensionistas de Nova Iguaçu terão uma nova oportunidade, a partir da próxima segunda-feira (11), de realizar o recadastramento do censo previdenciário. Trata-se de um levantamento detalhado e abrangente, previsto em lei, para o Plano de Custeio do Instituto de Previdência dos Servidores Municipais de Nova Iguaçu (PREVINI). Por isso, quem ainda não foi ao PREVINI, deve comparecer ao local até 31 de março de 2024, respeitando o calendário.

O recadastramento teve início no dia 21 de agosto e, em sua primeira semana, teve atendimento dedicado exclusivamente aos servidores ativos nascidos nos meses de janeiro e fevereiro. Agora, quase quatro meses depois, este grupo e também ativos que nasceram em março e abril e ainda não participaram do censo devem ir ao PREVINI entre os dias 11 e 15 de dezembro. Nas próximas semanas, aniversariantes de outros meses – ativos, inativos e pensionistas – também deverão ir ao instituto.

Censo previdenciário é um levantamento detalhado e abrangente de informações sobre os beneficiários de um sistema de previdência social, como aposentadorias e pensões, que precisam manter registros atualizados e precisos dos seus beneficiários. Nesse processo, os beneficiários são solicitados a fornecer uma ampla gama de informações pessoais e financeiras para as autoridades previdenciárias. Isso inclui dados como idade, estado civil, dependentes, renda, condição de saúde e outros fatores que podem influenciar o cálculo dos benefícios.

“O Censo Previdenciário é um processo crucial para atualizar os dados cadastrais dos servidores e alinhar essas informações com a base nacional da Previdência Social. Ele proporciona benefícios como planejamento financeiro mais preciso, avaliações confiáveis para análises atuariais, melhores controles internos e auditorias, além de garantir benefícios justos aos servidores. Em essência, o censo mantém o sistema previdenciário eficiente e transparente, fortalecendo sua capacidade de atender às necessidades atuais e futuras”, esclarece a presidente do PREVINI, Jailce Scofano.

Estão sendo convocados servidores ativos estatutários da Prefeitura, da Câmara Municipal, da Fundação Educacional e Cultural de Nova Iguaçu (FENIG) e do próprio PREVINI. Para evitar filas e aglomerações, o instituto faz a convocação por grupos. Eles são separados por categoria (ativos, aposentados e pensionistas) e agendados de acordo com o mês de nascimento. Os chamados devem comparecer ao local dentro do prazo estipulado, sob pena de ter suspenso o pagamento de suas remunerações até que sejam cumpridas as exigências. Até o fim de março, cerca de 11.450 servidores ativos, inativos e pensionistas devem fazer o recadastramento. Desde o início da realização do censo previdenciário, em agosto, 50% do grupo estimado já compareceu ao instituto.

O processo, que é realizado a cada quatro anos, deve ser feito presencialmente na Unidade de Cadastro e Protocolo da Diretoria de Benefícios do PREVINI, na Rua Antenor de Moura Raunheitti, nº 95, Bairro Luz. Mais detalhes sobre o censo previdenciário, tais como o calendário de convocação dos servidores e pensionistas e a relação de documentos necessários, estão em www.novaiguacu.rj.gov.br/previni/censoprevidenciario.

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.