Nova Iguaçu empata com a Cabofriense e começa pontuando na Taça GB

janeiro 18, 2018 /

O Nova Iguaçu começou a Taça Guanabara 2018 com um empate numa partida muito bem jogada. Com um bom público presente no Laranjão, o time comandado pelo técnico Edson Souza ficou no 1 a 1 com a Cabofriense na tarde de quinta-feira (17). Adriano fez o gol do Nova Iguaçu na primeira etapa e mas João Carlos empatou pouco tempo depois para os visitantes.
>> O jogo – Mesmo com o calor e o sol a pino, o jogo foi bem disputado no primeiro tempo. Dono da casa, o Nova Iguaçu teve o domínio das ações e procurou mais o
ataque. Mas quem assustou primeiro foi a Cabofriense, numa jogada rápida de João Carlos que recebeu de Davi Ceará e chutou. O goleiro Jefferson fez ótima defesa, usando os pés.
Com mais domínio das ações, o Nova Iguaçu abriu o placar logo após a parada técnica. Paulo Henrique cobrou falta, a bola desviou na zaga adversária na primeira trave e o artilheiro Adriano, mostrando faro de goleador, aproveitou no segundo pau. O gol incendiou a torcida laranja e o Nova Iguaçu foi para cima. Caio Cezar, aos 25, quase ampliou.
Aos 29 minutos, a Cabofriense aproveitou saída rápida para o ataque e empatou o jogo. João Carlos dominou a bola da entrada da área e chutou com  efeito, não dando chances para Jefferson. O Nova Iguaçu foi para cima de novo e quase voltou a ficar em vantagem aos 40, com Adriano sendo desarmado na hora da finalização após cruzamento de Daniel.
No segundo tempo, o domínio laranja continuou. Foram muitas as chances criadas. Aos 10 minutos, Murilo Henrique cobrou falta com categoria e a bola explodiu no travessão. Depois, aos 16, Wescley recebeu em velocidade e chutou, George espalmou, Vinicius Paquetá pegou a sobra e a defesa tirou em cima da linha. Aos 18, Raphael Azevedo cabeceou e George salvou de novo.
O cronômetro ‘andava’ e nada da bola entrar. O técnico Edson Souza fez todas as sete alterações a que tinha direito, o Nova Iguaçu continuou atacando, mas o empate persistiu até o fim. Aos 42 minutos, Paulo Henrique quase marcou em cobrança de falta, porém George apareceu bem de novo. E o jogo ficou mesmo no 1 a 1.
Com um ponto no Grupo B da Taça Guanabara, o time da Baixada voltará a campo no domingo (21) para encarar o Vasco da Gama, às 17h, em São Januário.

FICHA TÉCNICA
NOVA IGUAÇU 1 x 1 CABOFRIENSE
Local: Estádio Laranjão
Data-Hora: 17/1/2018 – 16h30
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha
Auxiliares: Dibert Pedrosa Moisés e Eduardo de Souza Couto
Renda e público: R$ 8.600,00 / 800 pagantes / 900 presentes
Cartão amarelo: Matheus Guerreiro (CAB)
Gols: Adriano 21min/1ºT (NIFC) e João Carlos 29min/1ºT (CABO)
>> Nova Iguaçu: Jefferson; Daniel (Wallace), Raphael Azevedo, Murilo Henrique e Lucas; Paulo Henrique, Caio Cezar e Dieguinho (Robinho); Jonathan (Vinicius Paquetá), Wescley (Luam) e Adriano (Bruno Smith). Técnico: Edson Souza.
>> Cabofriense: George; Leomir, Victor Silva, Leandro Euzébio e Airton Oliveira; Levi, Kaká Mendes (Henrique), Bruno Tubarão e Davi Ceará (Lauro César); Maranhão (Gama) e João Carlos (Matheus Guerreiro). Técnico: Antônio Carlos Roy.

 

Por Jota Carvalho
Fonte: Assessoria de Imprensa do Nova Iguaçu FC
Foto: Bernardo Gleizer/NIFC

Jota Carvalho