As alunas vencedoras do Concurso Literário, professoras, diretoras das escolas e os dirigentes da Arcádia Iguaçuana de Artes e Cultura durante a solenidade na Câmara de Vereadores. Foto: Paulo Cezar Pereira.

Nova Iguaçu: Arcádia entrega prêmios aos alunos que venceram Concurso Literário sobre Semana de Arte Moderna de 1922

outubro 21, 2023 /

 

A entrega neste sábado ( 21) dos prêmios aos alunos vencedores do 1º Concurso Literário promovido pela Arcádia Iguaçuana de Artes e Cultura lotou o plenário da Câmara de Vereadores da principal cidade da Baixada Fluminense e revelou talentos das escolas da rede estadual e privada. Alunos de 32 escolas escreveram crônicas e contos sobre a Semana de Arte Moderna de 1922. Os vencedores  vencedores receberam kindles, laptops e computadores – e as diretoras das escolas ganharam um final de semana num hotel com tudo pago.

 

A solenidade, comandada por Vicente Loureiro, presidente da Arcádia, teve a participação de personalidades da cidade, como Jorge Gama, Luiz Antônio Teixeira( presidente do Progressistas em Nova Iguaçu) , o contador Jorge Miguel Moura Andrade, a cantora Dinha Pinheiro, o advogado e historiador José Luiz Teixeira, o produtor cultural Nélson Freitas, as professoras Cristina Pena e Maria Luiza Guimarães, Franklin Hilário ( presidente da OAB), o  professor Salomão Baroud David, além da diretora da Regional Metropolitana I, Maria Angélica Novaes. A Câmara de Vereadores foi representada por Dr. Robertinho (PP).

As premiadas

 

CONTOS

CLASSIFICAÇÃO

1) Terceiro lugar em conto, titulado “Um artista no tempo certo”, a aluna
Maria Luiza Novais da Silva, do Colégio Estadual Comendador Soares,
representando a Diretora Sandra Cristina Leite, o Professor e Coordenador
pedagógico Wallace Modesto de Oliveira.

2) Segundo lugar em conto, titulado “O Encontro dos Opostos”, a aluna
Nicolle Cruz Estolano, do CIEP Professor Waldick Pereira, Diretora Ruth
Brasil da Silva, Professora Luciana G. Honorato.

3) Primeiro lugar em conto, titulado “Imersa”, a aluna Adriana dos
S.Rodrigues, do CIEP 168 Ilda Silveira Rodrigues, Diretora Valéria Torres
Rodrigues Motta, Professora Cynthia Aniszewski.

CRÔNICAS

CLASSIFICAÇÃO
1) Terceiro lugar em crônicas, titulado “Jantar ao som de Villa-Lobos”, a aluna
Thifany da Silva Cha Cha, do Centro Educacional Aragão Torquato, Diretora
Ruth Aragão, Professora Miriam Lima.

2) Segundo lugar em crônicas, titulado “Entre Conversas”, a aluna Winart Kerolly
Vieria Valadão, do CIEP 168 Ilda Silveira Rodrigues, Diretora Valéria Torres
Rodrigues Motta, Professora Cynthia Aniszewski.

3) Primeiro lugar em crônicas, titulado “A Arte é mais que Rima , Poesia ou o
Próprio Verso”, a aluna Gabriela Mello Duarte Vicente, do Colégio Estadual
Marechal Juarez Távora, Diretora Adriana de Oliveira Raimundo, Professora
Minarlise Santana.

 

Óculos para cegos

Ao falar sobre a importância do evento, o presidente da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, professor e jurista Júlio César da Silva, anunciou que a OAB de Nova Iguaçu e Mesquita está trazendo à entidade, no próximo dia 13 de novembro, Doron Sadka,  representante da empresa israelense Orcam MyEye , avaliada em 3 bilhões de dólares.  O CEO, empresário focado em inovação tecnológica, vai apresentar à cidade de Nova Iguaçu o chamado “óculos inteligente” que permite a leitura para os cegos.

 

O trabalho da Orcam MyEye , segundo Júlio César, está presente em mais de 1.300 municípios e e sete estados brasileiros. Júlio busca apoio do governo estadual e da Prefeitura de Nova Iguaçu

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.