Na decisão de hoje contra o São Paulo, Flamengo poderá ser octacampeão do Brasileirão

fevereiro 25, 2021 /

 

Gabigol ( em destaque  na foto de Alexandre Vidal)  vive boa fase e é uma das principais armas do Flamengo contra o São Paulo

 

Yago Pikachu , na foto de Rafael Ribeiro, teve altos e baixos no campeonato e vai com o Vasco para Série B

Rogério Ceni garante que o Flamengo – que busca o octacampeonato – irá completo para o jogo decisivo desta quinta-feira (25) com o São Paulo, no Morumbi, às 21h30. O zagueiro Rodrigo Caio está se recuperando da contusão que sofreu no jogo contra o Internacional.  O jogo vale o título. Se o rubro-negro vencer será campeão, independente do resultado da partida do Internacional, que enfrenta o Corinthians, no Beira Rio. O rubro-negro tem 71 pontos, contra 69 da equipe gaúcha. Se houver empate nos dois jogos, o Flamengo também fica com o título. Caso Rodrigo Caio não jogue, o jovem Natan formará a zaga com Gustavo Henrique, que substituiu William Arão contra o Internacional.

O zagueiro Rodrigo Caio ainda é dúvida. Ele garante que se recupera

Em outros jogos dos times cariocas, o Fluminense enfrenta o Fortaleza. Em São Januário,  Vasco e Goiás – já rebaixados – fazem uma partida que não vale mais nada. Já o Botafogo – também rebaixado – vai ao Ceará para pegar o Ceará.

 

Com a “faca e o queijo” na mão, o Flamengo depende apenas de si para ser campeão brasileiro. Uma vitória é o suficiente para o rubro-negro levar o título para a Gávea. Mas a parada parece não ser tão fácil, pois o São Paulo (63 pontos) perdeu para o Botafogo na última segunda-feira e ainda não garantiu vaga na fase direta da Libertadores. O tricolor tem a pressão do Fluminense (61 pontos).

O técnico Rogério Ceni deverá manter a mesma equipe que venceu o Internacional: Hugo Souza, Isla, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Filipe Luís; Diego, Gerson, Everton Ribeiro e Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol.

 

 

Fluminense pega o Fortaleza

O time do Fluminense está embalado e briga por uma vaga na fase de grupos da Libertadores. A foto é de Mailson Santana

 

O Fluminense terá três desfalques para o jogo desta quinta-feira (25) contra o Fortaleza, no Maracanã. Nino e Egídio estão suspensos. Já Martinelli sofreu uma entorse no tornozelo. Matheus Ferraz e Danilo Barcelos substituem Nino e Egídio. O substituto de Martinelli ainda não foi definido pelo técnico Marcão. O jogo é importante para o Fluminense, que briga por uma vaga na fase de grupos da Libertadores. Já o Fortaleza briga para se manter na primeira divisão e só um desastre tira o time da Série A, pois teria que perder para o Fluminense e o Vasco vencer o Goiás por 12 gols de diferença.

 

 

Botafogo cumpre tabela

 

O Botafogo de Matheus Babi ( foto de  está indo ao mercado em busca de reforços

Em último lugar com 27 pontos, o Botafogo se despede do campeonato nesta quinta-feira jogando contra o Ceará, no Ceará. Já rebaixado, o alvinegro carioca já está em processo de reformulação. Uma das principais contratações foi a do técnico Marcelo Chamusca, que desembarcou no Rio com o pomposo título de Rei da Série B.

O clube foi ao mercado sondar para fazer contratações e já trouxe o atacante Ronald, do Botafogo – SP. Os dirigentes analisam ainda o volante Matheus Frizzo (Grêmio), o lateral Jonathan (Coritiba) e o zagueiro Gilvan (Atlético – GO).

 

 

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.