Municípios do Rio começam a receber amanhã 185 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca

janeiro 24, 2021 /

 

Secretaria estadual de Saúde está com a logística aérea e terrestre preparada para distribuir o imunizante 
 
 
O Governo do Estado do Rio de Janeiro recebeu, ontem,  do Ministério da Saúde (MS), 185 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca contra Covid-19. O imunizante foi encaminhado pelo ministério para a Coordenação Geral de Armazenagem (CGA) da SES, em Niterói, de onde será distribuído a partir de amanhã (25) para os 92 municípios do estado. 
 
O Rio de Janeiro segue as recomendações do Programa Nacional de Imunizações (PNI). As vacinas serão destinadas ao público prioritário, conforme preconizado pelo Ministério da Saúde. A secretaria estadual de Saúde aguarda as informações do ministério, que devem ser publicadas neste domingo (24/01) com as definições. 
A secretaria já está com toda a logística aérea e terrestre preparada para que as vacinas sejam entregues aos municípios. Uma grande operação foi montada para que todas as cidades possam dar início a essa nova fase da vacinação assim que receberem as doses e as recomendações técnicas da secretaria, oriundas do ministério.
 
A Subsecretaria de Vigilância em Saúde, com base em critérios técnicos, informa que todas as doses enviadas pelo Ministério da Saúde para o Estado do Rio serão distribuídas aos municípios em única remessa para aplicação imediata, de acordo com as prioridades do PNI. A medida foi tomada tendo em vista que a aplicação da segunda dose pode ser realizada em 90 dias após a primeira. 
 
Recomendações – A SES, por meio da Vigilância em Saúde, enviou ofício aos municípios recomendando que as secretaria municipais de Saúde façam uma busca ativa para levantar casos de idosos e deficientes vivendo em instituições que não estejam cadastradas no Ministério da Saúde e, por isso, possam não ter recebido ainda doses da vacina Coronavac. O documento solicita ainda que os gestores municipais comuniquem à Subsecretaria de Vigilância em Saúde essas possíveis divergências para que possam ser solucionadas.
 

Balanço da vacinação 

Até as 18h de ontem (23.01), 85 municípios registraram 89.237 pessoas imunizadas contra a Covid-19 no estado. O balanço foi realizado por meio de busca ativa, a partir da gerência de Imunização da Vigilância Epidemiológica da Subsecretaria de Vigilância em Saúde, junto às coordenações/gerências de imunização dos 92 municípios do Estado.

RJ tem 220 mortes por covid-19 em 24h e 28.812 óbitos pela doença

Neste sábado, em um intervalo de 24 horas, foram registradas no estado 220 mortes por Covid-19 e 5.389 casos confirmados segundo os números divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde referentes à pandemia. O estado do Rio já contabiliza 28.812 mortes em razão da Covid-19 e 500.185. Desde o início da pandemia, foram registrados 464.860 pacientes recuperados. A média móvel segue indicando estabilidade no contágio.

Os dados são do consórcio formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo e reúne informações das secretarias estaduais de Saúde divulgadas diariamente até as 20h. A iniciativa dos veículos da mídia foi criada a partir de inconsistências nos dados apresentados pelo Ministério da Saúde.

Nos hospitais do município do Rio, a taxa de ocupação em enfermarias está em 76% e, em leitos de UTI, 90%.

Rio começa a vacinar com as vacinas  Oxford/AstraZeneca na quarta-feira

A Secretaria municipal de Saúde do Rio começará a aplicação das 75 mil doses da vacina Oxford/AstraZeneca na próxima quarta-feira em profissionais de saúde acima de 60 anos em clínicas da família e centros municipais de saúde. Assim como já é realizado com a vacina coronavac, as doses serão aplicadas nos grupos prioritários para a Covid-19.

A primeira etapa da imunização será feita em trabalhadores de saúde que atendem diretamente pacientes com Covid-19 , profissionais da Atenção Primária envolvidos na campanha de vacinação e os que atuam em CTI, urgência e emergência e que estavam afastados por idade ou comorbidade. O grupo prioritário também é formado por idosos e deficientes que vivem em instituições de longa permanência e os profissionais que trabalham nesses locais. Grupos indígenas e quilombolas também recebem a vacina.

Brasil ultrapassa 216 mil mortos por Covid-19

O Brasil ultrapassou neste sábado a marca de 216 mil mortes por Covid-19. Foram contabilizados 1.176 novos óbitos nas últimas 24 horas, chegando a 216.475 vidas perdidas desde o início da pandemia, segundo o boletim dos veículos de imprensa. O levantamento também indicou 60.980 novas ocorrências da enfermidade, totalizando 8.816.113 contágios na história da doença no país.

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.