Como já é tradição, todo ano, o cartão especial traz uma ilustração especial. Este ano, a temática é sobre os 25 anos de concessão do MetrôRio.

MetrôRio inicia venda de cartões especiais para o réveillon 2024

dezembro 11, 2023 /

 

O MetrôRio iniciou hoje (11/12) a venda dos cartões especiais para o réveillon de 2024. Os bilhetes podem ser adquiridos em quatro estações (Pavuna, Central do Brasil/Centro, Carioca/Centro e Jardim Oceânico/Barra da Tijuca) até o dia 25/12, das 10h às 21h. A partir do dia 26/12, os clientes poderão comprar os bilhetes somente na bilheteria especial da estação Carioca/Centro, também das 10h às 21h.

No dia 31/12, no entanto, as vendas serão encerradas às 19h ou antes, caso se esgotem os cartões. Somente passageiros que tiverem o cartão especial poderão embarcar no sistema durante a operação especial na noite do dia 31 de dezembro.

Como já é tradição, todo ano, o cartão especial traz uma ilustração especial. Este ano, a temática é sobre os 25 anos de concessão do MetrôRio.

Para a ida, os clientes poderão escolher cinco faixas de horário: 19h às 20h; 20h às 21h; 21h às 22h; 22h às 23h; e 23h à meia-noite, no ato da compra. Já na volta, o embarque acontece sem horário fixo, com a utilização do cartão especial, válido da meia-noite até as 5h do dia 01/01. A concessionária recomenda que os passageiros deem preferência à estação Siqueira Campos/Copacabana, para reduzir filas na ida e na volta da festa.

Na ida ao evento, os cartões especiais serão aceitos em todas as estações. A partir de meia-noite, eles só serão aceitos nas estações abertas para embarque. São elas: Cardeal Arcoverde/Copacabana, Siqueira Campos/Copacabana, Cantagalo/Copacabana, General Osório/Ipanema e Jardim Oceânico/Barra da Tijuca.

O MetrôRio orienta ainda que os clientes se planejem para comprar os cartões com antecedência, preferencialmente, na primeira etapa das vendas, já que os bilhetes especiais podem se esgotar rapidamente. O cartão de ida e volta será vendido por R$ 13,80. Já os cartões somente de ida ou de volta custarão R$ 6,90, o mesmo valor da tarifa unitária do MetrôRio.

A compra dos bilhetes especiais pode ser efetuada em dinheiro ou em cartões de crédito e débito, nas bilheterias que já funcionam com este tipo de pagamento (Central/Centro e Pavuna), nos guichês sinalizados e nas demais estações (Pavuna e Jardim Oceânico/Barra da Tijuca), no guichê em funcionamento.

A partir do dia 26, a bilheteria especial da estação Carioca/Centro também aceitará pagamento em débito e crédito. Cada cliente tem o limite de compra de até 10 cartões. Os bilhetes poderão ser usados apenas durante a noite de réveillon, não havendo reembolso depois.

No dia 31/12, a partir das 19h, não serão aceitos os cartões unitários, pré-pago, Giro, Riocard Mais (Bilhete Único e ValeTransporte) nem pagamento por aproximação (NFC). Ou seja, esses cartões poderão ser utilizados somente até as 18h59. Eles voltarão a valer a partir das 7h do dia 1º de janeiro, juntamente com a reabertura para embarques das estações, que neste dia funcionarão em horário de feriado.

Pessoas com deficiência (PCD), menores de seis anos acompanhados de um adulto portador de cartão válido e maiores de 65 anos deverão apresentar nas catracas um documento oficial comprobatório para o embarque nas estações durante a Operação Especial de Réveillon. Quem tiver dúvida pode procurar as redes sociais do MetrôRio, o SAC (0800 595 1111) ou se informar em uma das 41 estações do sistema.

Operação especial de réveillon

O MetrôRio montou uma operação especial de réveillon que começa das 19h do dia 31/12 às 5h de 01/01. Nesse período, o cliente só utiliza o sistema usando o cartão especial. Para a operação especial, a concessionária reforçará o quadro de funcionários no sistema metroviário e contará com orientadores de fluxo, para prestarem informações à população. Além disso, terá apoio da Polícia Militar e vigilância permanente.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.