Mesquita terá mutirão de exame preventivo no próximo dia 28

março 21, 2018 /

A Prefeitura de Mesquita, através da Secretaria de Saúde (SEMUS), realiza, na próximoa quarta-feira, dia 28, uma campanha de coleta do exame preventivo (colpocitológico), em todas as unidades de saúde do município. O agendamento teve início na segunda-feira, dia 19. A campanha será realizada nas 19 unidades de saúde do município, das 8h às 17h. Para o atendimento, basta seguir até a unidade de saúde levando identidade, CPF, cartão do SUS e comprovante de residência.

Com o mutirão, a SEMUS espera realizar mais de dois mil exames. Para realizar a coleta do preventivo é preciso que as mulheres sigam orientações importantes, como não estar menstruada, abstinência sexual de no mínimo 48 horas antes da coleta e, no mesmo período, evitar o uso de duchas, cremes e medicamentos vaginais. Mulheres grávidas também podem se submeter ao exame. A recomendação é que a coleta seja realizada uma vez por ano em mulheres com vida sexual ativa. É importante que mulheres que não fizeram o exame no último ano compareçam na atividade.


Capacitação

Com objetivo de oferecer um serviço de qualidade, no último dia 16 de março, 30 enfermeiros receberam capacitação, onde participaram de atualização sobre a coleta do exame preventivo. Na atividade, a equipe da Coordenação da Saúde da Mulher também ofereceu duas palestras com os temas “Higiene na Saúde da Mulher” e “Papel do Profissional de Saúde na Coleta de Material Colpocitológico”.

Reforço na vacinação contra HPV e meningite C

Desde o início do ano, vacinas contra o HPV e meningite C estão sendo oferecidas nas 19 unidades de saúde da cidade. Devem se vacinar contra o HPV meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 14 anos. Já a Meningite C é destinada para jovens na faixa etária de 11 a 14 anos de ambos os sexos.

A Secretaria de Saúde (SEMUS), através do Programa de Imunização, faz um alerta sobre a importância da vacinação. “Temos um baixo índice de jovens vacinados. Precisamos que os adolescentes ainda não vacinados, compareçam as nossas unidades de saúde para receberem suas doses e assim, se imunizarem contra essas doenças”, alerta a coordenadora de Imunização, Sabrina Louroza.

Equipes de enfermeiros e técnicos de enfermagem estão visitando escolas no município, onde oferecem palestras educativas, com objetivo de orientar e conscientizar o público alvo, para que todos possam procurar o atendimento. A SEMUS também irá agendar a vacinação nas escolas para alcançar uma maior cobertura vacinal na cidade e assim, reduzir os riscos causados pelas doenças. As vacinas do HPV e meningite C para adolescentes já fazem parte do calendário de rotinas no Sistema Único de Saúde (SUS) desde2014 e 2017, respectivamente.

O HPV é uma infecção sexualmente transmissível. A meningite C tem como característica a inflamação das meninges, e a sua transmissão ocorre de uma pessoa para outra pela secreção respiratória, através de gotículas de espirro, tosse ou saliva.

Aloma Carvalho