Polícia procura mais três pessoas por envolvimento no caso

Justiça de SP torna réus 7 acusados de sequestrar Marcelinho Carioca

fevereiro 6, 2024 /

A Justiça de São Paulo aceitou a denúncia apresentada contra sete acusados de participarem do sequestro do ex-jogador Marcelinho Carioca e da amiga dele, Taís Alcântara de Oliveira, que ocorreu em Itaquaquecetuba, na Grande São Paulo. Eles estavam num cativeiro e foram soltos um dia depois pela Polícia Militar.

Dos acusados de envolvimento no crime, quatro foram presos em flagrante e continuam detidos: Jones Santos Ferreira, Wadson Fernandes Santos, Eliane de Amorim e Thauannata dos Santos. Outros três ainda estão foragidos: Matheus Eduardo Candido Costa, Caio Pereira da Silva e Camily Novais da Silva. Todos tiveram prisões preventivas autorizadas.

A Justiça determinou que a Divisão Antissequestro apresente provas do envolvimento de mais três pessoas investigadas. Por este motivo, não decretou as prisões delas.

A quadrilha vai responder pelos crimes de associação criminosa, roubo, extorsão mediante sequestro e lavagem de dinheiro.

Aloma Carvalho