Juíza que deu 10 dias de prazo para Juninho do Pneu ser empossado como vice-prefeito de Nova Iguaçu atendeu pedido de Dornelles

janeiro 6, 2021 /

 

O deputado federal Luiz antônio Teixeira Júnior, o Dr. Luizinho ( PP-RJ), informou ao Nova Iguassu Online, por telefone, hoje (05/01), direto de Belém do Pará,   que tem a assinatura de Francisco Dornelles, ex vice-governador  e presidente estadual do Partido Progressista no Rio, o pedido da liminar concedida pela juíza Cristina de Araújo Goes Lajchter, do Plantão Judiciário,  contra o decreto legislativo da Câmara de Vereadores de Nova Iguaçu, que adiou para daqui a dois anos a posse do vice-prefeito eleito Rogerio Teixeira Junior, o Juninho do Pneu.

Quem solicitou ao principal dirigente do PP no estado esta ação judicial foi Júlio Lopes, 2º suplente, que poderá assumir o mandato de deputado federal com a posse de Juninho como vice-prefeito dentro do prazo de 10 dias estabelecido pela magistrada. O primeiro suplente, Marcos Soares, vai assumir o mandato em substituição a Pedro Paulo, que deixou a Câmara dos Deputados para ser secretário de Fazenda da administração do prefeito Eduardo Paes. “Não tenho nada a ver com isso”, afirmou Dr. Luizinho, que é um dos principais coordenadores da campanha de Artur Lira ( PP-AL) para a presidência da Câmara dos Deputados.

O decreto, assinado nos últimos dias de dezembro último por Felipinho Ravis, então presidente da Câmara de Vereadeores, é uma  manobra para que Juninho só perca o mandato de deputado federal se vier a substituir o prefeito Rogério Lisboa, caso esse decida concorrer a um mandato parlamentar em 2022 ou ele próprio não consiga se reeleger.

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.