Inocentes participa da cerimônia para construção da Fábrica do Samba; Daniel Silva é o novo intérprete da escola 

A Inocentes de Belford Roxo tem feito bons desfiles e se mantendo na Série Ouro / Foto: Divulgação

O presidente de Honra da Inocentes de Belford Roxo, Reginaldo Gomes, participou, no Centro do Rio, da cerimônia de assinatura da cessão do espaço da Estação Ferroviária Leopoldina, na Avenida Francisco Bicalho, na Região Central do Rio. O espaço, que era gerido pelo Governo Federa, será revitalizado e passa, a partir de agora, para a Prefeitura.

Dentre os projetos consta a construção da Fábrica do Samba da Série Ouro, cujas as obras vão entrar em processo de licitação e no período máximo de 60 dias terão início os trabalhos. O acordo foi assinado entre o prefeito Eduardo Paes e a ministra de Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI), Esther Dweck, na presença de autoridades, sambistas e personalidades do Mundo do Samba.

Reginaldo Gomes e o casal de mestre-sala e porta-bandeira com o prefeito Eduardo Paes / Foto: Divulgação

Barracões precários

 “Enfim está se concretizando o sonho de anos de todos nós dirigentes e sambistas, que é ter um local digno para produzirmos o nosso carnaval e levar um espetáculo lindo para o público na avenida.  Atualmente nossos barracões são precários e a cada chuva forte ficamos sujeitos a inundações, que resultam na perda de materiais e estragos nas alegorias”, disse Reginaldo Gomes, agradecendo ao prefeito Eduardo Paes e ao recém-empossado como presidente da Liga-RJ, Hugo Júnior.

Daniel Silva foi apoio de Bruno Ribas

Daniel Silva volta para Inocentes de Belford Roxo como intérprete oficial da Inocentes de Belford Roxo.  Ele fez parte do carro de som da agremiação em 2004, como apoio do Bruno Ribas. E agora assume o microfone principal para 2025, o convite foi feito pelo presidente de honra Reginaldo Gomes e logo aceito pelo artista.

Daniel Silva será a voz da Inocentes de Belford Roxo na Sapucaí / Foto: Divulgação

“Cantar comandando o carro de som na Inocentes de Belford Roxo é uma nova página que escrevo na minha vida. Estou feliz, tranquilo, com garra para defender o pavilhão vermelho, azul e branco rumo à vitória.  Estou realizando um sonho”, disse um entusiasmado Daniel Silva.

Família de músicos

O novo intérprete vem de uma família de músicos. Formado pelo Conservatório Brasileiro de Música em Cordas (cavaco, banjo, bandolim e violão) e é também percussionista. Aos 7 anos de idade foi mascote da ala de Tamborim da São Clemente.  Com 8, já defendia samba tocando cavaco. Aos 17, foi vocalista do Grupo Raça e continuou intensificando sua carreira de cantor de apoio em várias escolas de samba, Império Serrano, Inocentes, Paraíso do Tuiuti, Sossego, Unidos da Tijuca, Mocidade Independente de Padre Miguel e atualmente na Mangueira. Como cantor oficial passou pelo Engenho da Rainha, Santa Cruz, Paraíso do Tuiuti e Império da Tijuca.

Sua apresentação à comunidade deverá acontecer no mês de julho, na festa de aniversário da Inocentes de Belford Roxo.

Compartilhe
Categorias

Mais lidas

Publicidade
Veja também

Faça a sua pesquisa