Greve dos caminhoneiros afeta atividades dos Municípios da Baixada Fluminense

maio 28, 2018 /

Devido aos problemas causados pela greve dos caminhoneiros, principalmente a falta de combustível, os municípios da Baixada Fluminense estão suspendendo diversas atividades.

Em Japeri, os alunos da rede não tiveram aula nesta segunda-feira (28) e permaneceram até terça-feira (29). Já em Seropédica e Queimados, as Escolas Municipais não funcionarão até a próxima quarta-feira (30). A Prefeitura de Nova Iguaçu informou que, apesar de seu esforço em manter a frota escolar em condições de circular, tiveram que suspender as atividades escolares nesta segunda.

Outro setor bem afetado pela greve foi o de Conservação e Serviços públicos. Em Queimados, a coleta de lixo, remoção de entulhos e outros serviços estão sendo feitos em regime de operação especial. A orientação é que os moradores evitem ao máximo fazer descartes desnecessários e que haja uma conscientização no sentido de reduzir a produção dos resíduos neste momento difícil.

Na saúde, o Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) de Queimados não irá funcionar nesta terça-feira (29). As unidades de básicas de saúde, o Centro Especializado no Tratamento da hipertensão e Diabetes (CETHID) e o Centro de Especialidades Médicas (CEMEQ) funcionarão com atendimento reduzido.

Já na cidade de Nova Iguaçu, O Hospital Geral de Nova Iguaçu (Posse) suspendeu as cirurgias eletivas, para manter o atendimento na emergência e dos pacientes internado na unidade. Também está havendo remanejamento de funcionários para que os plantões estejam com o quadro completo de profissionais. Na noite deste domingo (27), a Prefeitura informou em sua rede social, que não havia falta de insumos ou medicamentos, mas a situação pode agravar a partir desta terça-feira (29), caso a situação não seja normalizada.

Aloma Carvalho