Governo do Estado lança programa com 100 mil castrações no Rio de Janeiro; Sábado (04) tem vacinação antirrábica em Nilópolis

novembro 30, 2021 /

O Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, lançou, nesta segunda-feira (29), o programa RJPET 100.000 Castrações. Em uma ação inédita, o Estado vai castrar cães e gatos resgatados por protetores independentes, ONGs e pessoas físicas.

De acordo com o Governo do Estado, ao todo, serão 100 mil animais castrados até o fim de 2022 no Rio de Janeiro. A iniciativa tem o objetivo de reduzir o abandono de animais ao diminuir nascimentos não planejados e controlar o número de zoonoses.

O protetor independente terá que comprovar sua atividade, podendo castrar até oito animais por mês nas clínicas credenciadas. Pessoas físicas podem castrar apenas um animal nesse mesmo período. O número de castrações realizadas por ONGs varia de acordo com a quantidade de protetores que compõem o projeto.

A primeira colônia a ter animais castrados será a do Maracanã. Atualmente, mais de 200 gatos vivem lá, abandonados, e contam com protetores assíduos. Alguns cuidam dos bichos que vivem na região há quase 30 anos.

Para participar, basta fazer o cadastro pelo do email rjpet@agricultura.rj.gov.br. Lista de documentos necessários:

– Documento de identidade com foto
– Comprovante de residência no Estado do Rio de Janeiro
– Documentos que comprovem a prática de protetor
– Declaração de um médico veterinário reconhecendo o trabalho de protetor realizado
– Dados completos do local de acolhimento dos animais
– Telefone e email

Dia D de vacinação Antirrábica em Nilópolis

A Vigilância Sanitária de Nilópolis tem disponíveis 18 mil doses de vacina antirrábica para aplicar em cães e gatos no dia 4 de dezembro, Dia D de Vacinação Antirrábica na cidade. Todos os postos de saúde, o Parque do Gericinó, e o ponto de imunização na rua Fernando Mendes, em frente ao Clube Nilopolitano, onde o Castramóvel será estacionado, estarão atendendo das 9h às 16h.

A vacina contra a raiva será disponibilizada para cães e gatos de qualquer porte, a partir dos 3 meses de idade e em bom estado de saúde. No caso de fêmeas no cio, prenhas ou lactantes, há contraindicação. Para proteger seu animal de estimação, será necessário levá-lo em caixa adequada para transporte, no caso de felinos, e coleira ou focinheira para cães.

Será emitida a certificação de vacina, mas a Vigilância Sanitária recomenda que, caso o pet tenha carteirinha de vacinação, levar para a vacinação. A raiva é uma doença viral, que pode ser fatal e acomete também humanos em caso de contato com saliva de animal contaminado e a vacina é a única forma de prevenção à doença.

Aloma Carvalho