Governador suspende por 120 dias cobrança do empréstimo consignado aos servidores do RJ

julho 18, 2020 /

 

Decreto beneficia servidores aposentados e pensionistas do estado e visa a estimular a economia

O governador Wilson Witzel assinou decreto que suspende, por 120 dias, a cobrança de empréstimos consignados contratados junto às instituições financeiras. A suspensão vale a partir da data da publicação do decreto, que deve acontecer ainda nesta segunda-feira (20/07).

A medida foi tomada considerando o impacto da crise econômica decorrente das medidas restritivas de combate ao novo coronavírus e beneficiará aposentados e pensionistas de todo o estado.

– Grande parte da nossa população vem enfrentando perdas financeiras nessa pandemia e a medida ajudará a passarmos por esse momento, aliviando o orçamento dos servidores das mais diversas áreas e melhorando nossa economia – afirmou o governador.

O decreto regulamenta a Lei Estadual n° 8.842, de 21 de maio de 2020, aumentando a quantidade de dinheiro em circulação no estado e, dessa forma, estimulando o crescimento da economia fluminense.

Pelo texto, fica vedada também a cobrança posterior de juros, multa ou qualquer forma de atualização monetária nesses empréstimos, enquanto perdurar o estado de calamidade pública decorrente da pandemia da Covid-19.

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.