Fornecimento de água será suspenso nesta quinta-feira (25) no Rio e na Baixada

novembro 25, 2021 /

Como parte da preparação da Cedae para o Verão 2021/2022, a companhia fará a manutenção preventiva do Sistema Guandu nesta quinta-feira( 25/11) , das 8h às 20h. O serviço mobilizará 400 profissionais entre engenheiros, eletricistas, mecânicos e agentes de saneamento, além de 28 veículos na operação. Composto pela Estação de Tratamento de Água (ETA) do Guandu e dois subsistemas de água tratada, Marapicu e Lameirão, o sistema é responsável pelo abastecimento de mais de 9 milhões de pessoas – o que representa 85% no Município do Rio de Janeiro e 70% da Baixada Fluminense.

A ação permite reparos e correções necessárias, como limpeza das estruturas, inspeção das instalações e substituição de válvulas e registros. Executada todos os anos, a operação este ano coincide com obras de modernização do sistema, como explica o diretor de Saneamento e Grande Operação da Cedae, Daniel Okumura:

– Vamos paralisar o sistema para fazer os reparos preventivos para o período do ano em que a estação é mais demandada. Paralelamente, as obras de modernização do Guandu focadas na melhora da eficiência do processo de tratamento da ETA seguem em andamento, o que vai gerar reflexos positivos já no próximo Verão.
Investimento de R$ 800 milhões, as obras do Guandu incluem aquisição de novos equipamentos e reforma das instalações. Essas intervenções incluem modernização dos filtros, eficientização do processo de limpeza dos decantadores, substituição de válvulas, reformulação do Centro de Controle Operacional (CCO) e do sistema de monitoramento.

Desligamento e normalização do abastecimento
O Sistema Guandu precisa ser desligado por 12 horas durante a operação, interrompendo temporariamente o fornecimento de água para os municípios do Rio de Janeiro, Duque de Caxias, São João de Meriti, Nova Iguaçu, Mesquita, Nilópolis e Belford Roxo.
O abastecimento será retomado após a conclusão da manutenção, mas em alguns pontos das cidades, como ruas elevadas, por exemplo, o fornecimento poderá levar até 72 horas para normalizar.

Durante o período, a Cedae organizou esquema especial para atender com carros-pipa hospitais, unidades do Corpo de Bombeiros, escolas e demais serviços essenciais nas áreas de atuação da Companhia. Também será feito contato frequente com a empresa Águas do Rio, responsável pela distribuição de água em 124 bairros do Município do Rio e cidades da Baixada Fluminense afetadas pela paralisação.

 

 

 

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.