Fluminense precisa vencer para sonhar com a Libertadores; Botafogo pode ser campeão hoje

novembro 21, 2021 /

O atacante Luiz Henrique ( a foto é de Lucas Merçon)  está de volta e fará dupla com Fred

Clebio Luiz

Empatado com o mesmo número de pontos (45) do seu adversário deste domingo (21/11), o Fluminense recebe o América-MG no Maracanã, às 17h. As duas equipes brigam por uma vaga na Libertadores de 2022.
Restando apenas cinco rodadas para o final do Brasileirão, o Fluminense não pode mais tropeçar e perder pontos. Para o confronto deste domingo, o técnico Marcão terá os retornos de Fred e Samuel Xavier, que desfalcaram a equipe diante do Juventude por estarem suspensos. Luiz Henrique também está de volta, mas Lucca levou o terceiro cartão amarelo e está fora.
O Fluminense deverá jogar com: Marcos Felipe, Samuel Xavier, Nino, David Braz e Marlon; André, Martinelli (Nonato), Yago; Luiz Henrique, Caio Paulista (Arias) e Fred.

Mineiros confiantes

O América vem completo para o jogo contra o Fluminense. O atacante Fabrício Daniel e Carlos Alberto retornam ao time. O “Coelho” subiu da Série B e está animado com a possível permanência na elite do futebol brasileiro, além de sonhar com uma vaga na Libertadores do ano que vem.
O América está escalado com: Matheus Cavichioli, Patric, Eduardo Bauermann, Ricardo Silva, Marlon; Lucas Kal, Juninho, Alê; Ademir, Zárate, Felipe Azevedo (Carlos Alberto).

Fogão na expectativa de ficar com o título da Série B

O Botafogo enfrenta o Brasil – RS neste domingo (21/11), às 16h, no estádio Bento Freitas, Rio Grande do Sul. O alvinegro pode ser campeão ainda hoje. Basta derrotar os gaúchos (que já estão rebaixados) e o Coritiba perder para o CSA, no Paraná.

Rafael Navarro está confirmado no ataque para o jogo contra o Brasil. A foto é de Vítor Silva

Sem Pedro Castro, Hugo e Chay, o técnico Enderson Moreira deve promover as entradas de Barreto, Carlinhos e Warley.
O Botafogo deverá jogar com:Diego Loureiro; Daniel Borges, Carli, Kanu e Carlinhos; Barreto, Luís Oyama e Marco Antônio; Warley, Diego Gonçalves e Rafael Navarro.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.