Fluminense é humilhado pelo Corinthians; Santos vence o Boca e está na final da Libertadores

janeiro 14, 2021 /

O Fluminense foi humilhado pelo Corinthians, em São Paulo, na quarta-feira (13-01). A equipe carioca levou um baile, foi goleada por 5 X 0, viu o Timão subir para 42 pontos na tabela de classificação e embolar a disputa por uma vaga na Copa Libertadores. O Fluminense estacionou nos 43 pontos. O tricolor volta a campo no sábado para enfrentar o Sport, às 19h, no Engenhão. Os gols do Corinthians foram marcados por Jô, Cazares, Fagner, Mateus Vital e Luan.

O Corinthians começou o jogo pressionando o Fluminense, que parecia estar perdido em campo. Depois de desperdiçar algumas oportunidades, o time paulista abriu o placar com Jô, aos 25 minutos do primeiro tempo, depois de pegar um rebote do goleiro Marcos Felipe. No segundo tempo, a vantagem foi ampliada. Primeiro com Cazares, aos 9, acertando um bom chute de fora da área. Em seguida, aos 15, Fagner recebe de Cantillo, invade pela direita e bate forte para marcar o terceiro.

Mantendo o ritmo, o Corinthians rapidamente chegou ao quarto gol. Mateus Vital, aos 21, avançou e chutou forte de fora da área para marcar um golaço. Luan fechou a goleada aos 45.

Santos na final

O Santos passou fácil pelo Boca Juniors e está na final da Copa Libertadores, que será disputada contra o Palmeiras, no dia 30 de janeiro, às 17h, no Maracanã. O Peixe não tomou conhecimento do time argentino e venceu por 3 X 0, na Vila Belmiro.
´

Foto: O baixinho Soteldo deu trabalho ao sistema defensivo do Boca Juniors e marcou o segundo gol do jogo – Santos FC/Divulgação

Sem medo dos argentinos, o Santos entrou com quatro atacante para sufocar logo o Boca. Marinho voltou a se destacar. Diego Pituca aproveitou um descuido do time argentino, que queria toque de mão de Soteldo, e abriu o placar logo no primeiro tempo.

Logo no início do segundo tempo, Soteldo entrou pela esquerda, balançou o corpo e soltou uma bomba no lado direito do goleiro Andrada, que nada pôde fazer. Santos 2 X 0. Em boa jogada de Marinho pela direita, Lucas Braga apareceu na grande área e marcou o terceiro gol, colocando de vez o time na final.

Aloma Carvalho