Fluminense e Botafogo fazem jogo decisivo; Flamengo escala reservas contra a Portuguesa

abril 17, 2021 /

O atacante Cazares ( foto) já foi regularizado e está em condições de enfrentar o Botafogo.

 

Clébio Luiz

O Campeonato Carioca está se afunilando e a 10ª rodada começa neste sábado (17/04) com três jogos, incluindo o clássico Fluminense x Botafogo. No domingo (18/04), mais três partidas serão realizadas. O líder é o Volta Redonda, com 20 pontos, pois o Flamengo tropeçou no meio de semana e perdeu de 3×1 para o Vasco, ficando com 19.9
No principal jogo da rodada, o Fluminense enfrentará o Botafogo e vai em busca de se consolidar entre os quatro primeiros colocados para conseguir a vaga no quadrangular decisivo. O clube está se preparando para a Copa Libertadores e já anunciou um pacote de reforços que inclui o atacante uruguaio Abel Hernandez (ex-Internacional), Manoel (ex-Cruzeiro) e Cazares (ex-Corinthians), que já estão regularizados e poderão ser escalados. O Fluminense – que está em quarto lugar com 16 pontos – precisa vencer o jogo contra o Botafogo para não se desgrudar da parte alta da tabela de classificação.

O técnico Roger Machado deverá mandar a campo a seguinte equipe: Marcos Felipe, Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; Wellington, Martinelli, Yago e Nenê; Kayky e Fred.
Botafogo – Desclassificado pelo ABC na Copa do Brasil, o Botafogo – que tem 12 pontos no Campeonato Carioca – ainda sonha com uma vaga no G-4. A vitória sobre o Fluminense levará o time a 15 pontos e, dependendo dos outros resultados, a uma boa colocação na tabela.

O clube busca reforços para disputar a Série B. Um deles é o atacante Anselmo Ramon, que está na Chapecoense. Porém, o clube catarinense exige o pagamento de R$ 1 milhão para liberar o jogador. O Botafogo está monitorando também Rafael Moura, o He-Man, que fez um bom Brasileiro pelo Goiás.
O técnico Marcelo Chamusca deverá mandar a campo os seguintes jogadores para o clássico contra o Fluminense:
Douglas Borges; Jonathan, Kanu, Gilvan e Paulo Victor; Luiz Otávio, Rickson e Ricardinho; Ronald, Marco Antônio e Matheus Nascimento.

Portuguesa x Flamengo

Abatido ainda pela derrota de 3×1 para o Vasco da Gama, na quinta-feira, o Flamengo volta a campo para enfrentar a Portuguesa, uma das sensações do Campeonato Carioca. O técnico Rogério Ceni não sabe ainda se contará com o meia Arrascaeta, que ficou de fora contra o Vasco. Muito contestado ainda pela torcida, Ceni está de olho também na partida de terça-feira (19/04). O time estreia na Copa Libertadores jogando na Argentina contra o Vélez Sársfield. A tendência é que contra a Portuguesa o rubro-negro coloque um time de reservas.


O técnico Rogério Ceni escalou um time misto contra a Portuguesa

Ceni deverá escalar os seguintes jogadores para o jogo deste sábado: Hugo Souza, Matheuzinho, Rodrigo Caio, Gustavo Henrique e Renê; Hugo Moura, Gomes, Vitinho, Michael, Muniz e Pedro.
Portuguesa – O técnico Felipe Surian deverá manter a mesma equipe que goleou o Bangu por 5×1. A Lusa tem a defesa menos vazada do Carioca. O provável time que enfrentará o Flamengo está escalado com: Negueti, Watson, Pedro, Guerra e Luis Gustavo; Wellington Cezar, Mauro Silva, Cafú, Chay, Romarinho e Jhulliam.
A Rede Record transmite o jogo.

Jogos da 10ª rodada

Sábado – 17/04

Madureira x Macaé – 15h15
Botafogo x Fluminense – 16h
Portuguesa x Flamengo – 21h05

Domingo – 18/04

Bangu x Volta Redonda – 15h15
Nova Iguaçu x Resende – 15h15
Boavista x Vasco – 18h30

 

fotos: Mailson Santana ( Fluminense) e Alexadre Vidal ( Flamengo)

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.