Flamengo bate o Volta Redonda por 2 x 1 e conquista sua 23ª Taça Guanabara

abril 25, 2021 /

O massagista Deni  ( foto ) ergueu a taça com os jogadores do Flamengo. É o 23º título da Taça Guanabara que o clube conquista Coluna do Fla/ divulgação)

Clebio Luiz

Foi apertado, mas o Flamengo venceu o Volta Redonda por 2×1, neste sábado (24), no Maracanã, e se tornou campeão da Taça Guanabara. Michael e Vitinho fizeram os gols do rubro-negro, que jogou com time misto. João Carlos diminuiu para o Volta Redonda. Flamengo, Volta Redonda, Portuguesa (que venceu o Boavista por 4×2) estão classificados para o quadrangular que irá decidir o campeão estadual.
Neste domingo (25/04), o Fluminense enfrenta o Madureira no Maracanã, às 11h. O Nova Iguaçu encara o Bangu, às 15h15, e o Botafogo jogs contra o rebaixado Macaé, às 18h.

Bom começo

Apesar de bom início de jogo, somente aos 17 minutos o Flamengo assustou o Volta Redonda. Vitinho cobrou falta e a bola encobriu o travessão. O Voltaço assustou. Alef Manga aproveitou uma bobeira da zaga, rolou para João Carlos. Ele toca para Luciano Naninho, que chuta forte e Diego Alves defende. O Flamengo responde com Arão cabeceando para fora.
O Volta Redonda se defende bem, enquanto o Flamengo tenta furar o bloqueio. Aos 33, Vitinho toca para Pedro. O atacante cruza para Michael, que sobe e cabeceia para fora.
O Flamengo continua apertando o Volta Redonda e empilhando chances perdidas. Em uma delas, aos 43, Gabigol domina, gira e chuta rasteiro no canto esquerdo. A bola passa raspando à trave. O Flamengo já havia finalizado 10 vezes. O Volta Redonda, apenas uma.
O rubro-negro negro continuava no ataque, pois só a vitória garantiria o título da Taça Guanabara. Aos 45, Gustavo Henrique dá excelente passe para Michael na área. O atacante domina e chuta para vencer Andrey e fazer 1×0. Aos 47, João Carlos quase marcou para o Voltaço. Mas aos 49, Bruno Barra aproveita uma falha da zaga do Flamengo em cobrança de escanteio e chuta para empatar o jogo. O primeiro tempo terminou com amplo domínio do Flamengo.

Pressão e sustos

O Flamengo começa o segundo tempo com tudo. Renê toca para Michael. O atacante cruza forte e o goleiro Andrey espalma. O Volta Redonda marca bem para tentar dificultar as ações do rubro-negro.
A pressão continua. Aos 8, Gabigol recebe de Vitinho, chuta forte e Andrey espalma para escanteio. O tempo vai passando e o Flamengo busca o gol, pois o empate dá o título provisório ao Volta Redonda, pois o Fluminense joga neste domingo e, se vencer, fica com o título.

Vitinho decide

Mas o Volta Redonda continua perigoso nós contra-ataques. Aos 15, O artilheiro do campeonato, Alef Manga cruza rasteiro e a zaga joga para escanteio. O Flamengo voltou ao ataque. Aos 17, Vitinho recebe de Matheuzinho e chuta com precisão para fazer 2×1. O Volta Redonda dá o troco com João Carlos que chuta de fies da área e a bola passa raspando a trave direita de Diego Alves.
O técnico Rogério Ceni sacou Gerson, Vitinho e Gabigol para colocar Diego, Arrascaeta e Bruno Henrique. O Volta Redonda vai para o tudo ou nada. Neto Colucci tira o volante Emerson e coloca Caio Vitor. O time fica com três atacantes.
O Voltaço começa a pressionar. Aos 35, João Carlos sobe e cabeceia para fora.
O Volta Redonda pressiona e o Flamengo se defende para segurar o resultado.
No desespero, o Volta Redonda vai ao ataque. Alef Manga consegue escanteio. Caio Vitor bate rasteiro e a bola passa por todo mundo. O Flamengo toca a bola até o árbitro apitar o final do jogo. O rubro-negro conquistou o 23º título da Taça Guanabara.

Vasco vence e disputa Taça Rio

O Vasco venceu o Resende por 3×1, neste sábado, em São Januário. Bruno Gomes e Germán Cano (2) marcaram os gols cruzmaltinos. Paulo Victor descontou para o Resende. Com o resultado, o Vasco ficou em quinto lugar e se classificou para a Taça Rio, competição que funciona como prêmio de consolação para os times que ficam entre o 5º e 8º lugar.
O Gigante da Colina abriu o placar aos 24 minutos. Flávio tenta sair jogando, mas dá um passe para a grande área. Bruno Gomes aproveita a falha, solta a bomba e abre o placar. O Resende empatou aos 45, com Paulo Victor, que, depois de um escanteio, se antecipou à zaga e mandou a bola para a rede.

Germán Cano marcou dois gols e se tornou o maior artilheiro estrangeiro do Vasco no século

No segundo tempo, Germán Cano marcou dois gols. Um aos 9, quando recebeu um passe de Andrey. Outro aos 35, quando foi lançado por Léo Jabá e fechou o placar.
Com os dois gols marcados, Germán Cano se tornou o maior artilheiro estrangeiro do Vasco no século e o terceiro na história do clube.

 Fotos: Coluna do Fla/ divulgação) e Twitter do Vasco

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.