Firjan: Baixada recupera 74% dos empregos perdidos nos meses mais afetados pela pandemia

dezembro 29, 2020 /

 Duque de Caxias e Nova Iguaçu são os municípios com os melhores desempenhos no período de julho a novembro

 

Levantamento feito pela Firjan e divulgado através da plataforma Retratos Regionais aponta que a Baixada Fluminense recuperou, de julho a novembro, 74% dos postos de trabalho perdidos entre março e junho, meses mais afetados pelas medidas de combate à pandemia e pelas incertezas em relação à economia. Novembro, inclusive, foi o quinto mês consecutivo de saldo positivo de contratações, quando considerados todos os setores econômicos (indústria, comércio, serviços e agropecuária). Duque de Caxias (+ 5.630) e Nova Iguaçu (+2.345) são os municípios com os melhores desempenhos no período de julho a novembro.

A análise da indústria da região mostra que o setor recuperou todos os empregos perdidos durante a crise da Covid-19 e ainda gerou mais de 300 novos postos de trabalho formais. Duque de Caxias (+878) e Nova Iguaçu (+550) também se destacaram positivamente entre julho e novembro. O comércio, por sua vez, também recuperou, ainda no mesmo intervalo, todos postos de trabalho perdidos. Já o setor de serviços, que iniciou a retomada das contratações apenas em agosto, recuperou pouco mais de um terço

Análise estadual

Em novembro, o estado do Rio de Janeiro apresentou o quarto mês consecutivo de saldo positivo nos quatro setores econômicos. O resultado do mês (+32.673) chama atenção pela intensidade: as vagas geradas em novembro ultrapassam o resultado acumulado em outubro (+16.089), setembro (+9.449) e agosto (5.230). Todas as regiões do estado do Rio apresentaram saldo positivo de contratações, quando considerados todos os setores econômicos. A Capital foi a principal contratante, com 16.226 novas vagas abertas, seguida pela Baixada (+5.721), Leste Fluminense (+5.302) e Sul (+2.628).

Plataforma Retratos Regionais

A plataforma Retratos Regionais tem como base o saldo de empregos formais disponibilizados no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. Em painel setorial são disponibilizados dados específicos dos setores industriais. Em painel regional, que também permite a busca por município, é apresentado o cenário geral de empregos, incluindo todos os grandes setores. Também está sendo disponibilizado Indicador de Retomada dos Empregos. A plataforma pode ser acessada através deste link: www.firjan.com.br/retratosregionais.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.