Estado do Rio ganha reforço de 475 novos policiais militares

julho 15, 2021 /

A segurança no Estado do Rio de Janeiro ganhou o reforço de mais 475 policiais militares que se formaram na manhã desta quinta-feira (15/07). O governador Cláudio Castro participou da cerimônia, no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP), em Jardim Sulacap, na Zona Oeste da capital. Segundo a Secretaria de Polícia Militar, 1.307 alunos estão em treinamento e vão se formar este ano – uma turma em agosto e outra em dezembro.

O governador ressaltou a importância do trabalho realizado pela Patrulha Maria da Penha – Guardiões da Vida, que vai receber o reforço com novos agentes formados.

– Esta semana, mais um caso de violência contra a mulher teve repercussão. Muitos homens não perceberam ainda que este tipo de crime é um dos mais hediondos. Por isso, ações como a Patrulha Maria da Penha, além de proteger as vítimas, faz com que a impunidade não reine – ressaltou Castro.

O ingresso desses novos PMs permitirá o remanejamento de efetivo nas unidades da corporação. Além disso, ações estratégicas na área de segurança pública vão poder ser implementadas dentro do conceito de polícia de proximidade. Entre eles, estão o Bairro Seguro e a Patrulha Maria da Penha – Guardiões da Vida.

– Esta é a primeira turma de policiais militares formados neste ano. Tivemos que redimensionar as atividades da corporação em virtude da pandemia de Covid-19. A incorporação destes 475 novos agentes vai possibilitar o lançamento de programas como o Cinturão de Divisas, voltado para guarnecer as divisas do estado, e fortalecer ainda mais ações estratégicas, como a Patrulha Maria da Penha e o Bairro Seguro, ambos totalmente conectados com a filosofia do policiamento de proximidade – afirmou o secretário de Polícia Militar, coronel Rogério Figueredo.

O oficial destacou ainda resultados expressivos alcançados pela PM e integração com a Polícia Civil:

– No primeiro semestre do ano, foram 3.458 armas de fogo apreendidas. A taxa de homicídio é a menor em 30 anos. É um trabalho em que contamos com a grande parceria Secretaria de Polícia Civil.

Cinturão de Divisas

Novos programas de policiamento ostensivo serão lançados, como o Cinturão de Divisas. Além de ampliar a segurança nos 6 mil quilômetros da malha rodoviária do estado, o programa tem como objetivo reprimir o tráfico de armas, de drogas e a circulação de criminosos.

Coordenado pelo Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv), o programa começa a entrar em operação ainda na segunda quinzena deste mês. O Cinturão de Divisas terá policiamento 24 horas por dia, com policiais militares em atuação em 15 postos montados nas rodovias estaduais, nos pontos de divisas com os estados de São Paulo, Minas Gerais e Espírito Santo.

Aloma Carvalho