Estação Mulher adere ao Novembro Azul e oferece serviços médicos para homens

novembro 11, 2021 /

Mais uma edição especial do projeto Estação Mulher aconteceu no Hospital Fluminense, em Belford Roxo. Nesta quarta-feira (10-11), foi a vez dos funcionários – e funcionárias – da Secretaria de Conservação terem acesso aos serviços do ônibus itinerante como preventivo, retiradas de pontos, avaliação de curativos, agendamentos para mamografia, oftalmologista e urologista, teste rápidos de HIV, sífilis e hepatite B e C, verificação de glicose, pressão, além de distribuir preservativos. Uma Unidade de Tratamento Intensivo – UTI móvel – acompanha o ônibus. Além disso, aconteceu também uma palestra sobre o novembro azul.

O presidente institucional do Grupo Hospitalar Fluminense, Leandro Santoro, ressaltou que nesse mês de novembro a prioridade será conscientizar os homens. “Eles precisam ter esse cuidado e perder o preconceito. Não adianta ter esse tabu e acabar em uma cama de hospital fazendo tratamento que desgasta qualquer um. Ser homem é se cuidar”, afirmou Santoro.

Cuidado o ano todo

Trabalhando no setor há dois anos, Isaías Dias da Silva, 44 anos, disse que muitos homens não querem se cuidar. “Mas precisamos. No nosso setor tem muitos homens que não procuram médicos. Essa ação é ótima para o incentivo. Além de que não temos tempo. Eu, por exemplo, já fui ao médico, mas não tive como continuar o tratamento com o urologista”, disse. Isaías ainda chamou a atenção para o cuidado durante o ano todo. “Não é só nos meses de conscientização, mas sempre”, finalizou.

Já Guilherme da Cruz Gomes, 28, que está no setor há oito anos, aproveitou para passar por todos os serviços. “Sempre fazemos em prol da população e esquecemos da gente. Por isso parabenizo o prefeito Waguinho pela preocupação, cuidado e por nos passar mais segurança”, finalizou Guilherme.

Aloma Carvalho