Em risco muito alto para covid-19, Nova Iguaçu tem mais um decreto com restrições para o comércio

março 17, 2021 /

O prefeito de Nova Iguaçu, Rogério Lisboa (PP), mandou publicar mais um decreto para tentar diminuir o número de mortes provocadas pela propagação do coronavírus no município. Pelas análises feitas por técnicos do governo estadual, que levam em consideração o número de internados com a doença em leitos de UTI e de enfermaria e a capacidade da rede hospitalar, Nova Iguaçu está classificada atualmente como de alto risco de covid-19. Os números de pacientes internados no HGNI  subiu nos últimos dias, segundo informou  ao Nova Iguassu Online o médico Joé Sestelo, Diretor Geral do hospital da Posse. No entanto, o comércio funciona normalmente, muita gente circula sem máscara facial e não há qualquer fiscal para impedir aglomrações.

Pelo novo decreto, novas restrições: o comércio de rua tem novo horário de funcionamento – das 6 às 19 horas. Os shoppings e centros comerciais agora passam a funcionar das 10h30m às  22 horas, com 75% da capacidade, e os restaurantes e bares só podem ficar abertos até às 23 horas. Lisboa não informa quem vai fiscalizar este novo esquema do comércio.

A média móvel de mortes no estado do Rio de Janeiro é de 89 óbitos nos 92 municípios, o que significa uma queda de 21%. O estado já registra 34.445 mortes em um ano de pandemia. Um novo lote de doses de vacina começou a ser distribuído aos municípios fluminenses pela secretaria estadual de saúde.  A fila de espera por leito de UTI no estado: 231 pacientes esperam vaga para UTI, 82 pacientes esperam vaga para enfermaria. No próximo dia 15, o governador em exercício vai inaugurar o hospital modular de Nova Iguaçu.

Vacinação na Baixada

Belford Roxo e Duque de Caxias, cidades que, sem terem o imunizante, submeteram os idosos à humilhação e aos riscos de permanecerem e até dormirem em filas para serem vacinados nos últimos dias, suspenderam a vacinação hoje. Eis o mapa da vacinação hoje nos municípios da Baixada:

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.