Dia das Mães: Unidades da SES-RJ realizam mais de 4 mil partos nos primeiros quatro meses do ano

H Mãe, em Mesquita, é o recordista em procedimentos, com 1.684 partos

O Dia das Mães é uma data marcada para homenagear as responsáveis pela concepção de novas vidas. No entanto, para algumas mulheres, como a dona de casa Geane Ozias de Menezes Oliveira, de 23 anos, a celebração será um misto de realização de um sonho com momentos de desafio e superação. Geane teve seu primeiro filho, um prematuro extremo, em fevereiro, no Hospital Estadual da Mãe (HMãe) de Mesquita, unidade recordista em número de partos, com 1.684 procedimentos até abril deste ano.

Com a administração da Secretaria de Estado de Saúde (SES-RJ), o HMãe e outras três unidades materno-infantil – Hospital Estadual Heloneida Studart (HMulher), Hospital Estadual Azevedo Lima (HEAL) e Hospital Estadual dos Lagos Nossa Senhora de Nazareth (HLagos) – realizaram 4.346 partos no primeiro quadrimestre deste ano, o que representa uma média de 36 procedimentos por dia e um a cada 40 minutos.

O HMãe é referência no atendimento de gestantes do SUS com perfil de baixa e média complexidades na Baixada Fluminense. Na unidade são utilizadas técnicas de humanização em 53 leitos divididos em UTI (Unidade de Terapia Intensiva), UI (Unidade Intermediária) e enfermaria canguru, com equipe multiprofissional.

O menino de Geane nasceu com apenas 29 semanas e 1,20 kg. Assistido com cuidados intensivos, o bebê atingiu 1,902 kg e já está mamando na mãe. Com muita esperança e resiliência, a dona de casa irá comemorar seu primeiro Dia das Mães.

“Estou muito feliz pois estou realizando um sonho. Tive dois abortos antes. Passei dois anos tentando engravidar. Ser mãe é uma dádiva de Deus. Meu filho nasceu prematuro extremo, digo que é desafiador, mas mantenho sempre a fé, confiando que dias melhores virão. Nós, mães de UTI, vivemos um dia de cada vez”, afirma.

Outro espaço destinado às gestantes, que registra o segundo maior número de partos do ano, com 1.259 procedimentos, é o H Mulher, em São João de Meriti. Inaugurado em 2010, a unidade oferece atendimento integral à mulher no período gestacional de alto risco com exames de colposcopia, mamografia, ultrassonografia e cardiotocografia. Entre os serviços oferecidos está a Casa da Mãe, um espaço dedicado exclusivamente a mães que moram longe da unidade.

Ao todo são 15 leitos em três quartos, onde as mães têm livre acesso aos seus bebês e contam com apoio de assistentes sociais e psicólogas, além de diversas atividades em grupo. A Casa da Mãe recebe mulheres que residem no mínimo a 50 km de distância – ou em lugares de difícil acesso, permitindo que essas mães fiquem próximas aos filhos que estão internados, garantindo, com isso, o contato e o aleitamento tão importantes na recuperação dos recém-nascidos.

Com 861 partos no ano, o HEAL, em Niterói, ganhou uma maternidade novinha em março com o objetivo de oferecer mais infraestrutura e atendimento humanizado às mães. O espaço, com 36 leitos, distribuídos em 12 enfermarias, recebeu novos mobiliários e equipamentos, além de uma sala de apoio à amamentação para dar mais conforto e segurança neste momento especial de conexão entre mães e filhos.

“Oferecer mais dignidade e humanização no atendimento às gestantes e mães é a nossa prioridade. Por isso, seguimos investindo em infraestrutura, como aconteceu no Hospital Estadual Azevedo Lima (HEAL) e em outras unidades, para garantir que esse momento tão especial seja cada vez mais seguro”, destacou a secretária de estado de Saúde, Claudia Mello.

Além do HMãe, H Mulher e o HEAL, o H Lagos, em Saquarema, realizou nos primeiros quatro meses deste ano 542 partos, e é referência no atendimento na Região dos Lagos. A unidade conta com 56 leitos de internação; 10 leitos de UTI Adulto; 10 leitos de UTI Neonatal; 5 de Unidade Semi-Intensiva Adulto, 3 leitos de estabilização; 4 salas de cirurgia; 2 salas de pré-parto/parto/puerpério (PPP) e 4 consultórios. Entre os exames oferecidos no Centro de Imagem estão tomografia computadorizada, ultrassonografia, mamografia, ecocardiograma e Raio-X.

Compartilhe
Categorias

Mais lidas

Publicidade
Veja também

Faça a sua pesquisa