Defensoria Pública inaugura sede em Belford Roxo

julho 10, 2018 /

A Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPRJ) inaugurou as instalações de mais um novo núcleo, ontem (9). A sede de Belford Roxo agora passa a reunir num mesmo endereço o atendimento de todos os órgãos da Defensoria Pública que atuam junto as 1ª e 2ª Varas Cíveis, 1ª e 2ª Varas Criminais, 2ª e 3ª Varas de Família, Vara da Infância, Juventude e Idoso. Além disso, começa a funcionar na nova unidade a Câmara de Resolução de Litígios de Saúde. O imóvel, localizado na Rua Manicoré, 102, bairro São Bernardo, foi cedido pela Prefeitura e totalmente reformado. O espaço conta com salas individuais para atendimento de cada órgão, banheiros adequados para pessoas com deficiência, sala de espera com aparelho de TV e um ambiente climatizado.

A Defensoria Pública é uma instituição que oferece, de forma integral e gratuita, assistência e orientação jurídica aos cidadãos que não possuem condições financeiras de pagar as despesas destes serviço. Além disso, promove a defesa dos direitos humanos, direitos individuais e coletivos e de grupos em situação vulnerável.  A instituição dispõe do número 129, que é uma linha gratuita para que a população possa buscar orientações de agendamentos, horários e demais assuntos. A sede de Belford Roxo da Defensoria Pública é a 17ª inaugurada nos últimos três anos no Estado.

De acordo com o defensor público-geral, André Castro, a nova sede vai facilitar o atendimento para os assistidos, defensores, servidores e estagiários. “Saímos de um espaço menor para um amplo e melhor. Antes, os órgãos da Defensoria e a varas funcionavam dentro do Fórum e os núcleos atendiam em um pequeno espaço no bairro Santa Amélia. Agora estamos com todos os serviços em um único local, o que facilita, acima de tudo, o acesso da população juntamente com o conforto e agilidade” concluiu André.

Atendimento

A titular do Núcleo Cível e de Família, Samantha Castro, e a Defensora Pública titular da 1ª Vara Cívil, Paula Procopio, explicaram como funciona o atendimento na parte da manhã e à tarde. “Trabalhamos com os ofícios de gratuidade das 7h às 8h da manhã, e até as 11h com agendamentos presenciais. Já na parte da tarde, até umas 18h, é realizado o atendimento para aqueles que já tem processos nas Varas”, concluíram.

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.