De olho em boa classificação, Nova Iguaçu encara o Botafogo; Fla e Vasco tropeçam

março 28, 2021 /

Abuda ( foto em destaque) é um dos principais destaques do Nova Iguaçu na Taça Guanabara
foto: Vítor Melo/NIFC

* Clébio Luiz

Dando sequência à sexta rodada da Taça Guanabara, Nova Iguaçu e Botafogo se enfrentam neste domingo, às 18h, em Bacaxá. Empatados com seis pontos, as duas equipes precisam vencer para não se distanciarem do G-4. Em outro jogo da rodada, a Portuguesa (sete pontos) joga contra o Macaé (um ponto), às 15h30, em Edson Passos, Mesquita.

A rodada foi boa para o Botafogo, pois Vasco, Fluminense, Flamengo, Madureira e Resende tropeçaram, abrindo chance para o alvinegro subir na tabela de classificação. O técnico Marcelo Chamusca fará uma mudança na zaga, pois Kanu está suspenso. Em seu lugar entra Gilvan. Kayque e Felipe Ferreira também ganharão uma chance no meio de campo. Eles entrarão nos lugares de Zé Welison e Rickson.

O time deverá começar o jogo com: Douglas Borges; Jonathan, Marcelo Benevenuto, Gilvan e PV; Kayque, Matheus Frizzo e Felipe Ferreira; Warley, Marcinho e Matheus Babi.

Nova Iguaçu –

O clube da Baixada Fluminense também sonha com uma vaga no G-4. Com seis pontos, o time pode jogar tranquilo, pois está a 5 da zona de rebaixamento, ocupada pelo Macaé.
O provável time para enfrentar o Botafogo é: Luis Henrique; Digão, André Santos, Gilberto e Rafinha; Abuda, Vandinho e Dieguinho; Yan, Canela e Rafael Carioca.

Vasco fica longe do G-4

O Vasco até chegou a fazer 2×0, mas o Madureira mostrou porque é o único invicto no campeonato e conseguiu empatar a partida, disputada no sábado, no estádio Los Larios, em Duque de Caxias. Com o resultado o time de São Januário ficou em oitavo lugar, com seis pontos. Já o Madureira pulou para a terceira colocação, com 10.

O paraguaio Galarza e o lateral Zeca marcaram os gols do Vasco. Maurício Barbosa e Feitosa empataram para o Madureira.

Flamengo tropeça, mas lidera

Mesmo com a estreia de Gabigol na Taça Guanabara, o Flamengo não passou de um empate em 1×1 com o Boavista, na noite de sábado (27), em Bacaxá. Apesar do tropeço, o rubro-negro assume a liderança do campeonato com 13 pontos, vencendo o Volta Redonda no saldo de gols.
Gabigol não voltou bem. O gol do Boavista surgiu em um erro de passe do atacante, que tentou virar uma bola da direita para a área do Boavista. A defesa interceptou e armou o contra-ataque. A bola chegou ao lateral Jean dentro da área. Ele soltou uma bomba de canhota no ângulo direito de Hugo Souza. Um golaço aos 22 minutos do primeiro tempo.


Vitinho aproveitou uma bobeira da zaga do Boavista e empatou a partida / Foto: torcidadoflamengo.com.br/ divulgação

O Flamengo, que dominava o jogo, não demorou muito a empatar. Aos 28, Michael recebe na ponta esquerda, cruza na área. Gabigol se movimenta e engana a zaga. A bola sobra para Vitinho, que chuta, a bola bateu no goleiro Klever e vai para o fundo do gol. Após o empate, o Flamengo apertou durante todo o jogo, desperdiçando muitas chances de vencer a partida.

Aloma Carvalho