CoronaVac tem eficácia global de 50,38% nos testes feitos no Brasil, diz Instituto Butantan

janeiro 12, 2021 /

O Instituto Butanta informou nesta terça-feira (12), que a vacina CoronaVac registrou 50,38% de eficácia global nos testes realizados no Brasil. O anúncio foi feito em coletiva de imprensa em São Paulo.

A eficácia global, sinalizada pelo instituto, aponta a capacidade da vacina de proteger a população em todos os casos, sejam leves, moderados ou graves. A Organização Mundial da Saúde (OMS) a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendam um número mínimo de 50%.

O Butantan já havia anunciado que o imunizante tinha atingido 78% de eficácia na prevenção de casos sintomáticos leves, mas que precisam de atendimento médico. O que indica que vacina protege complicações mais severas da doença.

Os testes da CoronaVac no Brasil foram feitos em 12.508 voluntários – todos profissionais de saúde que estão na linha de frente do combate ao coronavírus – e envolveram 16 centros de pesquisa.

Com o resultado positivo, o Instituto Butantan encaminhou à Anvisa, na última sexta-feira (8), o pedido para uso emergencial da vacina.

Sobre o cronograma de vacinação , o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse nesta segunda-feira (11) que vai ser mantido o período definido pelo Plano Estadual de Imunização (PEI), com previsão de início até 25 de janeiro.

Aloma Carvalho