Consulado da China doa 80 mil máscaras descartáveis à Alerj no ano novo chinês

fevereiro 8, 2021 /

 

|Nesta terça-feira (09/02), a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) celebra, em conjunto com representantes do Consulado-Geral da China, o Ano Novo Lunar. A data, que este ano cai no dia 12/02, foi incluída no Calendário Oficial do Estado pela Lei nº 7.471, de autoria da deputada Tia Ju (Republicanos). A comemoração será realizada on-line, e os chineses farão a doação à Alerj de 80 mil máscaras descartáveis e 500 livros sobre a cultura do país asiático.

O ato será transmitido em reunião realizada pela plataforma virtual Zoom, às 14h, com a presença do presidente da Casa, deputado André Ceciliano (PT) e do Cônsul-Geral da China no Rio de Janeiro, Sr. Li Yang.

“A pandemia atual pode durar meses ainda. No ano passado, o povo chinês e o povo brasileiro ficaram de mãos dadas, superando as dificuldades e combatendo conjuntamente a covid-19. Por isso, o consulado decidiu, em agradecimento a todo apoio prestado, realizar essa doação à Alerj”, afirma Li Yang.

O presidente André Ceciliano ressalta a importância da colaboração entre os dois países. “A China é um dos nossos principais parceiros comerciais. Na pandemia, essa relação se mostrou essencial para o combate à pandemia da covid-19, pois é de lá que vêm os insumos para a produção das vacinas pelos institutos Butantan e Fiocruz. Do ponto de vista cultural, temos ainda mais para aprender com essa cultura milenar”, afirma Ceciliano.

Saiba mais sobre as celebrações do Ano Novo Chinês: https://youtu.be/8TsG0dELCPI

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.