CONFERÊNCIA DA PM DEBATE MEDIDAS PRÁTICAS PARA MELHORAR POLICIAMENTO NAS RUAS

janeiro 25, 2018 /

A Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro, em parceria com o Viva Rio, promove nos dias 31 de janeiro e 01 de fevereiro a conferência “O futuro começa hoje – ações PMERJ 2018”. Durante os dois dias de debates, cerca de 300 especialistas da Polícia Militar e de outros segmentos da sociedade estarão reunidos na sede Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan) para definir ações práticas capazes de melhorar o policiamento preventivo e ostensivo.

Para orientar as discussões e transformá-las em propostas concretas, os organizadores da conferência “O futuro começa hoje – ações PMERJ 2018” dividiram os temas em oito eixos centrais, todos voltados, em última instância, para atender as demandas da sociedade na área de segurança pública e, consequentemente, reduzir índices criminais.
Um dos responsáveis pela elaboração do conteúdo da conferência, o Coronel Roberto Vianna, Comandante da Coordenadoria de Assuntos Estratégicos (CAEs) da PM, explica que, entre os oito blocos temáticos, alguns são direcionados para discutir questões internas da Corporação e outros para definir medidas relacionadas com o público externo.

Mas todas as abordagens serão transformadas em propostas para melhorar a performance da Polícia Militar no cumprimento de sua missão básica, que é a de servir e proteger a sociedade. Quando debatemos o impacto do absenteísmo na Corporação, estaremos buscando soluções para aumentar o nosso efetivo em condições de trabalhar, tanto na atividade fim como na área administrativa – esclarece ainda o Coronel Roberto Vianna.

A conferência traz a oportunidade de a Corporação pôr em prática, de uma forma mais estruturada, uma série de estudos desenvolvidos ao longo dos últimos anos. As propostas vão surgir como resultado de estudos elaborados por especialistas da Polícia Militar e que, durante a conferência, serão aperfeiçoadas com a contribuição de especialistas de outras esferas da área de segurança pública.

De acordo com o formato da conferência “O futuro começa hoje – ações PMERJ 2018”, cada um dos eixos temáticos traz uma pergunta norteadora para que as discussões sigam roteiro objetivo.
Eixo 1 – O absenteísmo na PMERJ: os impactos dos afastamentos e licenças. Como reduzir os afastamentos na PMERJ e contribuir para o aumento do efetivo nas ruas?
Eixo 2 – Reorganização territorial da presença policial. Quais melhores critérios para a distribuição de recursos policiais nas Unidades? E como mensurar o desempenho de Unidades que não estão insertas em Áreas Integradas de Segurança Pública?
Eixo 3 – Vitimização policial. Como reduzir o número de mortos, feridos e de afastamentos por motivos psiquiátricos e outras doenças na PMERJ?
Eixo 4 – Indicadores de desempenho. Como medir o desempenho operacional e administrativo na PMERJ? Como utilizar os bancos de dados já existentes para melhorar o planejamento operacional da Corporação?
Eixo 5 – Projetos e parcerias. Como obter recursos financeiros em tempos de crise?
Eixo 6 – Valorização do policial militar e família. Existem ações que denotem a valorização ao policial militar e/ou de sua família?
Eixo 7 – Meritocracia e progressão de carreira. Ascensão na carreira policial militar – afinal, é possível planejá-la?
Eixo 8- Governança corporativa. Como dar ordem prática à governança corporativa?

INSCRIÇÕES PELO SITE DA PMERJ

A conferência “O futuro começa hoje – ações PMERJ 2018” foi organizada para um público de 300 participantes, entre policiais militares e público externo – especialistas, integrantes de conselhos comunitários e ativistas.

As inscrições podem ser feitas pelo novo site da PMERJ – www.pmerj.rj.gov.br

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.