Com golaço de Arrascaeta, Flamengo vence o Vasco e fica com o vice da Taça Guanabara

março 6, 2022 /

Arrascaeta  ( foto em destaque) marcou um golaço de fora da área e decidiu o jogo

 

Cebio Luiz

Com um gol de Arrascaeta, aos 45 minutos do segundo tempo, o Flamengo venceu o Vasco neste domingo (06/03), no estádio Nilton Santos.
Com o resultado, o Flamengo ficou como vice-campeão da Taça Guanabara e, provavelmente, enfrentará o Vasco (de novo!) nas semifinais do Campeonato Carioca, que poderá ter ainda Fluminense e Botafogo. Os gols do Flamengo foram de Filipe Luís e Arrascaeta. Gabriel Pec empatou.
O Botafogo, que está com 16 pontos, precisa vencer o Volta Redonda amanhã (7) por mais de três gols para tirar o terceiro lugar do Vasco. Caso contrário, ficará em quarto e enfrentará o Fluminense, campeão da Taça Guanabara.
O jogo começou com o Flamengo tentando o domínio e o Vasco marcando para tentar o contra-ataque. Mas o rubro-negro chegou logo ao gol aos 10 minutos. Em jogada ensaiada, Arrascaeta jogou a bola baixa na área e Arão cruzou na cabeça do lateral rubro-negro Filipe Luís, que apareceu sozinho, dentro da pequena área para abrir o placar.

Domínio rubro-negro

O Flamengo dominava o jogo, mas o Vasco quase empatou, aos 21. Na jogada pela esquerda, Nenê tocou na linha de fundo para Riquelme, que quase encontrou Getúlio dentro da área. O zagueiro do Fla dá um toque providencial para evitar o empate. O Vasco voltou a assustar aos 30. Nenê, tocou para Zé Gabriel acertar um foguete no canto esquerdo, e o goleiro Hugo conseguiu salvar.
O domínio do Flamengo continuou, mas o time não conseguiu transformar em gols as oportunidades e foi para o intervalo com a vantagem mínima.

Andreas Pereira erra de novo

O Vasco voltou para o segundo tempo disposto a empatar. Logo aos 5, Andreas Pereira errou, Gabriel Pec roubou a bola, arrancou desde a defesa e chutou forte de direita. A bola bateu na trave e entrou. Um golaço!
O Flamengo ficou meio atordoado com o gol, mas tentou reagir. Aos 11, Arrascaeta levantou na área e o zagueiro Fabrício Bruno cabeceou mal e perdeu um gol feito. Dois minutos depois, Filipe Luís cruzou forte e o goleiro Thiago Rodrigues espalmou.
O Vasco se encolhia chamando o Flamengo para o seu campo. Aos 22, Arrascaeta cobra escanteio e Anderson Conceição corta. No rebote, Luiz Henrique salvou o que seria um gol de Arrascaeta.

Pênalti não marcado no final

A partida caiu de produção e dava para perceber que o calor afetou o rendimento dos jogadores. O Flamengo pressionou no final. Aos 43, Vitinho fez boa jogada na esquerda, cruzou, mas a zaga afastou.
Aos 45, não teve jeito: Arrascaeta recebeu na entrada da área, limpou a jogada, olhou para o goleiro e chutou colocado no canto direito de Thiago Rodrigues para fazer 2×1. Mas o Vasco acreditou e foi ao ataque. Aos 48, Nenê cruzou para a área e a bola tocou no braço de João Gomes.

A torcida do Vasco compareceu para apoiar o time, que por pouco não empatou

O juiz mandou o jogo seguir e o rubro-negro venceu o clássico. No final do jogo, os jogadores do Vasco foram para cima do juiz, que foi protegido por policiais.

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.

[ivory-search 404 "The search form 61543 does not exist"]