Medalhão de acém com farofa de pão dormido com jiló crocante

abril 29, 2021 /

*Rodrigo Barros

 

Hoje eu vou falar um pouco sobre um corte bovino muito utilizado nos ensopados ou moído. Sim, o acém. Corte do dianteiro muito versátil e acessível a todos os bolsos.
Com a evolução da pecuária brasileira no tratamento, manuseio e abate, conseguimos ter carnes de melhor qualidade. Um grande exemplo é o acém bovino que com sua versatilidade conseguimos até usa – lo no churrasco, isso mesmo, peça para seu açougueiro o miolo do acém e faça o teste.

E para aproveitar o assunto faremos uma receita de Medalhão de acém com farofa de pão dormido com jiló crocante.

200g de miolo do acém
Sal e pimenta do reino a gosto
Páprica defumada ( para finalizar )
1/2 taça de vinho tinto

Para o Medalhão de acém:

Pegue o miolo do acém, corte a carne em formato de medalhão, amarre com barbante e ramos de alecrim ( o alecrim serve para perfumar a carne e o barbante para dar firmeza ). Tempere a carne com pimenta do reino moída e sal de parrilla, colocar numa gril com fio de azeite e manteiga, selar bem os dois lados e reservar.

Para o molho de carne:

Aproveitar o fundo da grill, colocar meia taça de vinho tinto, deixar reduzir e antes de colocar em cima da carne não esquecer de peneirar.

Para a farofa de pão dormido com jiló crocante:

Para o jiló crocante:
4 jilós cortados finamente
Suco de 1 limão
1 colher de sopa de açúcar
Sal e pimenta do reino a gosto
Farinha de trigo para empanar o quanto baste
Óleo para fritar o quanto baste.

Tempere o jiló com sal, pimenta do reino, açúcar, passe na farinha de empanar e frite rapidamente em óleo quente. Escorra num pepel toalha e reserve.

 

Para a farofa de pão dormido

1 pão do dia anterior dormido feito como torrada, depois ralado grossamente.
200g Farinha de mandioca
50g de manteiga
1 colher de sopa de azeite.
Jiló crocrante o quanto baste
3 dentes de alho picado ou triturado
Sal e pimenta do reino a gosto

Numa panela, aquecer a manteiga, óleo e fritar o alho, acrescentar a farinha de mandioca, o pão dormido e feito como torrada ralado grossamente, pique o jiló crocante, temperar com sal e pimenta do reino.

Para finalizar:
Azedinha.

 

*Rodrigo Barros, carioca mas iguaçuano de coração, é um premiadíssimo Master Chef. Ele vai lhe deixar com água na boca semanalmente neste espaço dedicado à gastronomia. Bom apetite!