Cláudio Castro toma posse hoje como governador do Estado do Rio de Janeiro na Alerj e faz pronunciamento no Palácio Guanabara

maio 1, 2021 /

Na foto de Paulo Cezar Pereira, o presidente da Alerj ( à esquerda), André Ceciliano, e o agora governador não mais provisório Claudio Castro

O governador Cláudio Castro toma posse, neste sábado (01/05), às 10h, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Na cerimônia, Castro presta o juramento constitucional e assina o termo de posse. Às 14h, o governador faz um pronunciamento no Palácio Guanabara. Ele ganha oficialmente a titularidade do cargo mais importante do estado horas após o julgamento que resultou, ontem à noite, no afastamento definitivo do ex-juiz Wilson Witzel por um Tribunal Misto composto por cinco desembargadores e cinco deputados estaduais. O impeachment de Witzel, por corrupção, é inédito na história da política fluminense após a redemocratização do país.

“Diante da enorme responsabilidade de conduzir o estado nesse período tão difícil, o governador Cláudio Castro recebe a decisão do Tribunal Especial Misto sobre o processo de impeachment. Mais do que nunca, Castro manterá sua premissa histórica do diálogo para superar os desafios de pacificar o Rio de Janeiro e unir esforços no enfrentamento à Covid-19, à fome, à pobreza e pela geração de empregos, ” informa uma nota distribuída hoje à imprensa pela Assessoria do Palácio Guanabara.

A cerimônia no Palácio Guanabara será transmitida ao vivo pelas redes sociais do Governo do Estado: www.facebook.com/governodorio e instagram.com/govrj.

 

Paulo Cézar

PAULO CEZAR PEREIRA, também chamado de PC ou Paulinho da Baixada, aprendeu jornalismo nas redações de alguns principais veículos – rádios,jornais e revistas. Conheceu, como Repórter Especial do GLOBO, praticamente todos os estados brasileiros, as duas antigas Alemanhas antes da reunificação, Suiça, Austria, Portugal, França, Itália, Bélgica, Senegal, Venezuela, Panamá, Colômbia e a Costa Rica. É casado com Ana Maria e tem três filhas que já lhe deram cinco netos. Tem três paixões: a família, o jornalismo e o Flamengo. No passado, assessorou um governador, um senador, dois prefeitos e vários deputados. Comandou a área de Comunicação de Nova Iguaçu num total de 12 anos. Já produziu três livros : um para a Coleção Tiradentes, outro contando a evolução de Nova Iguaçu quando a cidade completou 170 anos, e o do jubileu de ouro da Diocese de Nova Iguaçu.